Diretor do SP processa o próprio clube por arbitragem de campeonato interno

Diretor adjunto de futebol do São Paulo, Fernando Bracalle, o Chapecó, entrou na Justiça contra o próprio clube. O motivo é inusitado: a arbitragem do campeonato interno de futebol. O PSV, time do dirigente, se envolveu em confusão com o juiz e teve quatro jogadores expulsos. Bracalle entrou com a ação para suspender as punições e também exigiu que o São Paulo pagasse as custas do processo e os honorários de seu advogado.

A Justiça negou a liminar e o PSV precisou atuar com os desfalques. Depois disso, o dirigente protocolou pedido de desistência da ação. Chapecó é parte integrante do departamento de futebol e acompanha o elenco em partidas.

 

Fonte: Uol

9 comentários em “Diretor do SP processa o próprio clube por arbitragem de campeonato interno

  1. Até bem pouco tempo atrás, mesmo sendo conselheiro e diretor, ele tinha uma empresa que prestava serviços ao clube,
    Extremamente ambicioso e politico, gosta de comer pelas beiradas para chegar onde deseja.
    Atual, braço direito do fabricante de cremes, V. Pinotti.

  2. Não entendo qual é o espanto em se tratando dos aspones do leco
    No ano passado um criticou o Rodrigo Caio e o Milton Cruz
    Ganhou de presente um cargo remunerado
    Esse aciona o clube e é quem trata dos assuntos do futebol junto com o Dario Pereira,ops zagueiro do arqui e de notável conhecimento futebolistico
    Apenas uma pergunta?
    Com essa tropa chegaremos ao final da guerra intactos?
    Esse sr. não vai deixar pedra sobre pedra
    Coitado do próximo presidente

  3. Processar o Leco por má administração ninguém quer, isto só comprova no que estes senhores estão envolvidos e preocupados, apenas no seu benefício e o clube que se exploda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*