Clerison Rodrigues

Identidade SPFC

 

Amigo leitor muito Bom dia, no dia 8 de Dezembro era apresentado como diretor de futebol Raí, que assumiria o cargo após uma campanha pífia no campeonato brasileiro, em sua apresentação a palavra mais utilizada pelo Raí na oportunidade foi IDENTIDADE.

Pois bem, a pergunta que sempre me vinha à mente era, como o Raí vai resgatar essa tão falada Identidade? Com o passar dos dias vieram às contratações e logo me veio outra questão a mente, qual o critério para essas contratações? Existia planejamento? Logo começaram a vir os resultados ruins contratação que não se encaixava no estilo de jogo do treinador, até então prestigiado pelo Raí.

No inicio a administração (no meu ponto de vista) pintava como mais um desastre e que seria mais um ano de sofrimento, motivos para que eu pensasse assim? Contratação de Trellez Diego Souza (que em determinado momento cojitou-se emprestá-lo ao Vasco bancando salários), Nenê, entrevista do treinador a todo o momento pedindo jogadores de velocidade e não se via essas contratações. Após alguns mal resultados chega um novo treinador DIEGO AGUIRRE por indicação de Lugano, Treinador esse que vinha com um estilo totalmente diferente do anterior, Jogo de retranca 3 zagueiros e 2 volantes time fechadinho e junto as eliminações do Paulistão e Copa do Brasil… E eu me perguntava onde está o planejamento? Onde está a IDENTIDADE tão propagada em sua apresentação?

Começava o Campeonato Brasileiro e tudo começou a mudar, o treinador que outrora jogava em uma retranca danada, após excelente contratação de Everton (jogador pedido por Aguirre) o time mudou completamente seu patamar, e então veio à parada para a copa do mundo.

E foi então que RAÍ demonstrou sua COPETENCIA, não pelas duas contratações pontuais feitas e nem pela manutenção do elenco, mas pelo MELHOR DESMANCE DA HISTORIA DO SÃO PAULO. RAÍ negociou TODOS os jogadores encostados no São Paulo, e melhor todos muito bem negociados, até mesmo quem outrora dávamos como perdido (Militão) foi negociado de forma BRILHANTE pelo RAÍ.

Hoje sim temos uma IDENTIDADE, hoje quando falamos de futebol com o torcedor São Paulino sentimos a esperança e o ORGULHO novamente que havíamos perdido nas péssimas administrações anteriores, o que vamos conquistar em relação a títulos só o tempo irá dizer, mas o resgate de nossa IDENTIDADE isso não tem preço!

Um ponto de vista nunca em um determinado momento nunca será um ponto final em minha opinião, PARABÉNS RAÍ pelo resgate de nossa IDENTIDADE!

 

13 comentários em “Clerison Rodrigues

  1. Parabéns pela reflexão Clerison, a terra arrasada que o Rai pegou nao se resolve em alguns jogos como muitos pensam por aqui, o cara eh bom, sensato, competente, preparado eh a cara do Sao Paulo, quem viveu o tricolor nos anos 90 sabe o qto ele eh diferenciado, nao tinha duvidas que que Rai e sua equipe iriam dar uma cara para o tricolor, o que esta se concretizando agora, erros todos comentem, independentemente do setor que se trabalha, porem temos que colocar na balanca os erros e os acertos e pra mim, a balança de Rai e sua equipe esta muito, mas muito pendendo para o lado da competência do que para o lado da incompetência.

    • Com certeza!!!!

      No momento o importante é apoiar!!!

      O resgate de nossa identidade é evidente e já estamos incomodando muios “comentaristas/torcedor” na imprensa… Rsrs

      Forte abraço amigo João!!!

  2. Sempre pensei, sim, que ex jogadores deveriam ser aproveitados
    nesse tipo de relacionamento e negociacoes com jogadores atuais.
    Temos hoje, uma boa equipe nessas tratativas e esse realmente
    e’ o melhor caminho.
    Nem sempre os objetivos sao alcancados de pronto mas sabemos
    que ninguem melhor do que essa equipe para buscar o que todos desejamos.

  3. Olá Clerison,

    Muito bom o seu texto refletindo nosso momento.

    No início também questionei muito algumas contratações incluindo a do Nenê. Ainda não entendi a vinda de Trellez e Jean, mas espero que o futuro mostre que esses jogadores também serão importantes para o SPFC.

    Raí conhece a língua dos jogadores, dirigentes e empresários, no Brasil e no exterior, pois vive nesse meio desde muito jovem.

    Vamos apoiar e torcer para que a recuperação da identidade traga junto títulos de expressão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*