Aguirre: “Se acabasse hoje, seríamos campeões”

Diego Aguirre tratou de tranquilizar o torcedor do São Paulo que ficou preocupado depois do empate em casa com o América-MG, no último sábado.

– Se acaba hoje, somos campeões. Por que se apavorar? Não entendo – disse o treinador uruguaio, à TV Globo.

– O São Paulo está na liderança, apesar de ter perdido pontos importantes que não deveria. Mas são coisas que acontecem. Temos que olhar para a frente e defender essa condição de privilégio que temos. Faltam 12 jogos e vamos brigar, tenho confiança no time – emendou.

Na segunda-feira, Raí já havia dito que não há motivos para se abalar. O São Paulo tem apenas a 11ª melhor campanha do segundo turno, mas segue liderando o Brasileirão, um ponto à frente de Palmeiras e Internacional.  Apesar dos discursos ponderados, o tropeço diante do América-MG foi tratado internamente como o pior resultado do time no campeonato e ligou o sinal de alerta: todos no clube sabem que é urgente reagir contra o Botafogo, às 16h de domingo, no Nilton Santos.

De acordo com Aguirre, há boas chances de Everton estar de volta à equipe no fim de semana. O atacante ficou fora na última rodada por causa de uma fibrose na coxa esquerda e mostrou evolução ao correr no gramado nesta terça.

– É provável que Everton possa estar nesse jogo. Senão com certeza vai estar na semana seguinte (contra o Palmeiras, no Morumbi). Vai ser uma decisão mais dele que nossa, depende de como se sentir.

 

5 comentários em “Aguirre: “Se acabasse hoje, seríamos campeões”

  1. Particularmente concordo com o técnico, principalmente quando me lembro de como me senti durante os últimos anos com o time nas últimas colocações lutando para não cair e mais nas páginas policiais do que esportivas. E como para este ano não tinha grandes expectativas, mas que pelo menos a campanha fosse mais digna vejo que estamos no caminho certo, apesar de alguns tropeços também naturais de qualquer time em formação estrutural fora e dentro de campo. Assim estou otimista, não por título este ano mas para ter de volta o grande time tanto em campo como no intramuros. Vamos São Paulo campeão ou não e que se mantenha esta linha de trabalho.

  2. Pois é, Aguirre; gostaria também que o campeonato acabasse hoje. Seríamos campeões sem ter enfrentado os melhores: jogando só contra baba, no segundo turno. O problema é que não acaba e o S.Paulo é o time que tem o caminho mais difícil pela frente e, pior, é um time em franca decadência.
    Então, Aguirre. Esqueça a amizade que, com certeza, você criou com os jogadores, pois são, vc e eles, todos boa gente. Grite; aperte; exija; mude as peças que não estão respondendo dentro de campo (lembre-se que a coisa melhorou quando vc deixou o Diego Souza até fora do banco). Assim poderá haver
    esperança: mesmo que correndo “por fora”. Não interessa se “por fora”; interessa é chegar à frente!!!

  3. Tem o Se no caminho Aguirre, Se ganharmos ou empatarmos contra o parmera, se Ganharmos ou empatarmos contra o Inter, e Se ganharmos do Botafogo, pq ainda temos que ganhar fora de casa contra eles, entao o Se nao conta e se depender do Se, JA ERA, e temos que torcer para pelo menos ficar entra os 4, 5 ou 6.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*