Zerado contra rivais, São Paulo coleciona fracassos nos clássicos

“Estamos devendo muito” e “não fizemos nenhum bom jogo neste ano”, foram as frases de Muricy Ramalho para definir o São Paulo em 2015. As palavras são duras, porém reais. Ainda que esteja classificado para as quartas de final do Paulista, o Tricolor quase nunca viveu momentos de tranquilidade neste ano. Seja por turbulências externas, envolvendo o presidente Carlos Miguel Aidar e o próprio Muricy, ou pelo desempenho dentro das quatro linhas.

A paz momentânea pelas quatro vitórias consecutivas foram por água abaixo com a derrota sem reação diante do Palmeiras. O desempenho diante dos rivais torna a situação ainda mais alarmante: o São Paulo não fez sequer um gol. São três derrotas e um empate, com rendimentos abaixo da expectativa. Relembre as atuações do Tricolor nos confrontos regionais em 2015.

CENI SALVA CONTRA O SANTOS

Rogério Ceni, Santos X São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)Rogério Ceni manteve o zero no placar da Vila Belmiro, no clássico com o Santos (Foto: Marcos Ribolli)

Rogério Ceni foi o personagem do São Paulo no clássico sem gols contra o Santos, na Vila Belmiro, no dia 11 de fevereiro. Ainda que tenha criado chances, o Tricolor só não sofreu uma goleada por conta de uma grande atuação do goleiro, responsável direto pelo resultado.

DOMINADO PELO CORINTHIANS

Corinthians x São paulo (Foto: Marcos Ribolli)Na Arena Corinthians, o São Paulo foi presa fácil para o rival alvinegro (Foto: Marcos Ribolli)

O esperado Majestoso na estreia da Taça Libertadores dominou o noticiário por vários dias pelo confronto inédito na competição sul-americana. Mas no jogo do dia 18 de fevereiro só um time atuou: o Corinthians. Na arena alvinegra, o rival do Tricolor teve ampla superioridade e venceu com facilidade o São Paulo, por 2 a 0, sem ser incomodado. A derrota gerou muitas críticas ao trabalho de Muricy, que à época reconheceu a apatia do time.

PÊNALTI E NOVA DERROTA

Ganso, São Paulo x Corinthians (Foto: Marcos Ribolli)No Morumbi, o São Paulo parou mais uma vez no Corinthians e perdeu por 1 a 0 (Foto: Marcos Ribolli)

A chance de dar o troco no rival Corinthians veio no dia 8 de março, dessa vez no Morumbi. O Tricolor teve postura diferente da apresentada na estreia da Libertadores, mas ainda assim não teve rendimento satisfatório. Mesmo com a expulsão de Gil, o São Paulo não teve capacidade para furar o bloqueio corintiano. Rogério Ceni ainda perdeu pênalti, defendido pelo goleiro Cássio, e o time amargou um novo revés para o maior rival.

BAILE ALVIVERDE

Palmeiras x São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)Palmeiras faz 3 a 0 no São Paulo em clássico marcado por falha de Ceni e expulsões (Foto: Marcos Ribolli)

A falha de Rogério Ceni na saída de bola e no posicionamento após o chute de Robinho quase do meio de campo foi o baque inicial no Choque-Rei: gol aos dois minutos. Depois, aos sete, Rafael Toloi foi expulso depois de acertar um chute em Dudu sem bola – antes, o palmeirense havia dado uma cotovelada no são-paulino que não foi advertida. Os dois lances praticamente definiram o clássico a favor do Palmeiras. A partir daí o rival dominou, fez mais dois gols e definiu o 3 a 0 com direito a “olé” da torcida rival. Michel Bastos também foi expulso.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*