Muricy Ramalho inocenta Dudu e pede mais raiva aos atletas nas derrotas

O treinador Muricy Ramalho mostrou transparência após a derrota do São Paulo por 3 a 0 para o Palmeiras. Sobre o lance que culminou na expulsão do zagueiro Rafael Toloi, aos sete minutos da primeira etapa, o comandante são-paulino inocentou o atacante Dudu de cotovelada no defensor tricolor e confirmou erro de seu comandado.

– Disseram que haveria cotovelada, mas não foi bem cotovelada. Ali alguns de vocês (imprensa) me confundiram um pouco, não achei que foi tudo isso não essa cotovelada. Quem expulsou não foi o árbitro, foi o quarto árbitro. E no fim, o Toloi estava chutando o Dudu, o começo ele não veio. Pra mim, no celular, imagem pequena, não pareceu cotovelada – disse o zagueiro, que completou afirmando que o são-paulino foi o culpado na jogada:

– É Difícil vir aqui e rifar o jogador. E também não houve lá nada. Ele sabe que ele errou, não vai jogar o time em cima do cara. Isso dificilmente acontece pós-jogo, porque estão arrebentado. Não aconteceu nada, ficaram calados – afirmou.

Durante a partida, um lance chamou a atenção de todos. Em cobrança de lateral para o São Paulo, Muricy Ramalho segurou a bola e não quis deixar Michel Bastos fazer a cobrança. No mesmo instante, o jogador deu dura bronca no treinador, que levou ira como excesso de vontade. Exatamente esse comportamento que o comandante exige que o elenco são-paulino tenha em todas as partidas.

– Precisamos ficar mais bravos mesmo, claro que jogador não fica satisfeito, esse negócio de chutar porta não vale mais, temos que responder dentro de campo, isso não vai adiantar muita coisa não fora – concluiu.

Fonte: Lance

Um comentário em “Muricy Ramalho inocenta Dudu e pede mais raiva aos atletas nas derrotas

  1. Papo furado. Não treina o time, não tem esquema tático nem organização nenhuma…. e depois pede raiva para o time nas derrotas.

    Nem com raiva mais os caras ficam… afinal, só perdem.

    Treinadorzinho medíocre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*