‘Virgens’ em clássicos, Palmeiras e São Paulo debutam no Allianz Parque

O clássico entre Palmeiras e São Paulo nesta quarta-feira, às 22h, no Allianz Parque, estreiando na nova Arena alviverde, tem ingredientes para ser mais um grande confronto. Além da rivalidade fora de campo, já que o presidente palmeirense, Paulo Nobre, e o são-paulino, Carlos Miguel Aidar, não se cumprimentam há quase um ano, as equipes ainda não venceram um clássico em 2015. Mais de 17 mil ingressos haviam sido vendidos na manhã desta terça-feira.

O Verdão vive situação pior que a do seu rival. A última vitória contra os grandes paulistas aconteceu no dia 2 de fevereiro, justamente ante os tricolores, por 2 a 0, em jogo disputado no Pacaembu, pelo Paulistão de 2014. Já o time comandado por Muricy Ramalho teve seu último sucesso 23 de novembro do ano passado, 1 a 0 diante do Santos, no Brasileirão.

Para o clássico contra o São Paulo, o Palmeiras fará alterações. Apesar de ter escondido jogo, no último treinamento, nesta terça-feira, na Academia, Oswaldo de Oliveira não deve fazer mudanças radicais na equipe.

As voltas dos argentinos Tobio e Allione, recuperados de desgates musculares, nos lugares de Victor Ramos e Rafael Marques, respectivamente, devem ser as únicas mexidas do treinador.

No São Paulo, a estratégia é a mesma. Após poupar o time no fim de semana, no triunfo diante do Marília, Muricy Ramalho voltará com seus titulares com apenas uma mudança. Sem poder contar com o volante Souza, convocado para a Seleção Brasileira, o comandante são-paulino optou por Hudson ao lado de Denilson no meio.

Já no ataque, Muricy manterá a dupla com Alexandre Pato e Luis Fabiano, deixando Alan Kardec no banco de reservas. Na defesa, mais uma vez, Lucão ganhou a preferência do técnico e começará o Choque-Rei ao lado de Rafael Toloi.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS X SÃO PAULO

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data/Hora: 25/3/2015 – 22h
Árbitro: Vinicius Furlan (SP)
Auxiliares: Alex Ang Ribeiro e João Edilson de Andrade (SP)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Lucas, Tobio, Vitor Hugo e Zé Roberto; Gabriel, Arouca, Allione, Robinho e Dudu; Cristaldo. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Bruno, Rafael Toloi, Lucão e Carlinhos; Denilson, Hudson, Michel Bastos e Ganso; Alexandre Pato e Luis Fabiano. Técnico: Muricy Ramalho.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*