Veja cinco motivos para acreditar na classificação do São Paulo para a final

– O trabalho psicológico é muito importante para esse jogo: uma equipe que não deixa de acreditar do primeiro ao último minuto.

A frase de Hudson resume qual deve ser a postura do São Paulo contra o Atlético Nacional. Nesta quarta-feira, às 21h45, no estádio Atanasio Girardot, em Medellín, o Tricolor tem uma missão complicada: virar o placar combinado após a derrota por 2 a 0 no jogo de ida, quarta passada, no Morumbi. Mas o próprio time deu provas recentes de que acreditar em uma vaga na final não é utopia.

Algumas dessas provas, inclusive, são usadas por integrantes do departamento de futebol para motivar os atletas. O Tricolor precisa vencer por três gols, ou por dois, desde que marque ao menos três. Caso vença por 2 a 0, leva a decisão para as penalidades.

Veja abaixo, torcedor são-paulino, motivos para crer na virada:

De desacreditado à semifinalista

Michel Bastos São Paulo Atlético (Foto: Marcos Ribolli)Michel Bastos fez gols que ajudaram a classificar o São Paulo nas oitavas e nas quartas de final (Foto: Marcos Ribolli)

A classificação do São Paulo para as oitavas de final era improvável para muitos. A derrota por 1 a 0 para o The Strongest, no Pacaembu, na primeira rodada da fase de grupos, e o empate por 1 a 1 com o Trujillanos, pior time da chave, na Venezuela, complicaram a situação. A passagem de fase só veio na rodada final, novamente contra o The Strongest. O empate por 1 a 1 dramático na altitude de 3.600 metros de La Paz, com direito a briga generalizada após o apito final, deu ares mais especiais ao feito da equipe.

Outro exemplo usado internamente no São Paulo é a virada relâmpago sobre o Figueirense, no dia 28 de novembro de 2015, pelo Brasileirão. O time perdia por 2 a 1 até os 45 do segundo tempo e reverteu o placar em quatro minutos, com Alan Kardec e Thiago Mendes. A vitória foi fundamental para garantir lugar no G-4 e entrar na primeira fase da Libertadores.

É visitante? Tem gol!

O São Paulo não venceu como visitante na Taça Libertadores. Mas marcou em todos os jogos fora de casa: César Vallejo, no Peru (1 a 1, Calleri), River Plate, na Argentina (1 a 1, Ganso), Trujillanos, na Venezuela (1 a 1, Ganso), The Strongest, na Bolívia (1 a 1, Calleri), Toluca, no México (derrota por 3 a 1, Michel Bastos), e Atlético-MG, em Belo Horizonte (derrota por 2 a 1, Maicon). Mais do que nunca, o Tricolor precisará desse retrospecto para balançar a rede e avançar para a final.

Toca no Kardec…

Calleri é o artilheiro do ano e principal esperança de gols da torcida, com 15 bolas na rede. Mas aos poucos o são-paulino retoma a confiança em Alan Kardec. Depois de 17 jogos de jejum, ele quebrou a marca negativa marcando contra o Fluminense, no dia 29 de junho, e fez mais dois no último domingo, no 3 a 0 sobre o América-MG (veja no vídeo acima). A boa fase e a confiança no momento decisivo podem fazer a diferença. A reviravolta pessoal do centroavante também serve de inspiração para a equipe. Sua escalação depende de Edgardo Bauza.

A volta de Centurión

São Paulo x Atlético-PR Centurión (Foto: Marcos Ribolli)Centurión volta na quarta-feira: os são-paulinos poderão se enervar com ele, mas ele poderá ajudar (Foto: Marcos Ribolli)

Calma, são-paulino! É verdade que o pode não ter tanto apreço pelo argentino, mas o jogo desta quarta exige um atleta com características de drible. Sem Kelvin, em recuperação de estiramento, Centurión volta após cumprir suspensão de três jogos pela cusparada nas oitavas, contra o Toluca, no México, e deve ganhar uma vaga na equipe. Justamente contra o Toluca, no Morumbi, ele foi titular sob muitas críticas e fez dois gols na goleada por 4 a 0. Repete a dose agora? A outra opção com o mesmo estilo é Luiz Araújo, canhoto revelado em Cotia.

A moeda cai de pé!

Recorte jornal São Paulo Gazeta Esportiva (Foto: Twitter do jogador Auro)Lateral Auro postou no Twitter matéria do jornal “A Gazeta Esportiva” sobre a moeda (Foto: Twitter do jogador Auro)

Conhecido por ser o “clube da fé”, o São Paulo tem na própria história motivos para crer que pode surpreender as expectativas. Homero Bellintani Filho, conselheiro vitalício do clube que está em Medellín para o jogo, contou uma delas, a pedido da reportagem.

De 1932 a 1942, Corinthians e Palmeiras (à época Palestra Itália) polarizavam os títulos estaduais, com exceção ao ano de 1935 (Santos e Portuguesa) e 1936 (Palestra Itália e Portuguesa).

– Naquela época, só dava Palmeiras ou Corinthians no Campeonato Paulista. Falavam: “Esse ano vai dar Palmeiras ou Corinthians”. Quando argumentavam sobre o São Paulo ser campeão, diziam: “Só se a moeda cair em pé”. E o São Paulo foi campeão em 1943. Por isso ficou conhecido como o “campeonato da moeda em pé” – disse.

O site oficial do Tricolor conta que a frase da moeda teria sido dita no conselho arbitral para definir o regulamento do Paulistão de 43. Um dirigente ou repórter teria afirmado que toda a discussão dos detalhes da competição não seria necessária, pois bastaria jogar uma moeda ao ar para definir o campeão. Se fosse cara, o Corinthians, e coroa, o Palmeiras. Ao levantarem o questionamento: “E o São Paulo?”, foi dada a resposta de autor incerto e que depois virou a marca do título.

A história foi confirmada pelo presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, que chefia a delegação em Medellín. Como não poderia ser diferente, ele e Homero acreditam no São Paulo contra o Atlético Nacional.

Fonte: Globo Esporte

3 comentários em “Veja cinco motivos para acreditar na classificação do São Paulo para a final

  1. Um único motivo para desacreditar: falta futebol!
    Só muita mandinga; muita reza e a maior sorte do mundo.
    Quem sabe a sorte do argentino apareçe lá pelas bandas de Medellin…

  2. Esse o principal para nao acreditar, sou mesmo como disse um colega,SAO TOME´

    PAAAAAARAGRAFO UNICO

    ???? E Pra QUE ???? TITULOS ????
    Fiquem dando protecao a esses bandidasssos todos
    essas duas poderosas dependentes e dragonetes
    ao inves de dar premios e garantias a seus fanaticos torcedores,
    e nao a essas faccoes ordinarias, assasssinas q sao narcisistas como o PTetralheros, e KARTOLEROS, tudo farinha do mesmo sako.
    Para sermos sakaneados pela diretoria,
    q acolhe bandidos em seu meio,
    ainda beneficiando 18 mil dependentes bandidos, alguns assassinos
    para entrar e nos achacar, mesmo q o numero nao seja esse,
    mas ajuda, acoberta, afaga para estarem ao seu lado, bandido com bandido.
    NAO acredito q tenham mesmo rompido, Sao Tome, como o amigo, disse ainda outro dia, bem lembrado, na frente cena, por traz aliancas excusas, porem mesmo q tenham rompido vou
    romper o meu ST, cansei de ser humilhado.
    O q precisa ser cuidado com carinho seu torcedor, todos, o departamento medico e fisiologico q jogou o time num buraco negro, acabando com nossas possiblidades maiores de conquistar a Libertadores, nao cuidam seus incompetentes, tinhamos a referencia do REFFIS, hj jogam contra seus fdps, isso nao veem, claro apadrinhamentos, gente de qualidade nao serve, tem q ser apadrinhados gente de perto desssses diretores dormidos, acefalos.
    ESsses sao nossos dirigentes, vao a merda
    nem qro saber de titulos muito menos de sacanagens, cansei, os qtenho sao suficientes para viver e morrer feliz. kkk
    ????????????? q clube de futebol ‘e esse ?????????????
    ERa vanguarda agora e’ pura basura,
    Conquistamos tudo com gente decente.
    agora……………………kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    agora so lixxxxxxxxxxxxxxao como essas torcidas ordinarias q subsidiam poderiam c uidar melhor de nos com esse auxilio a gangsters documentados e fixados criminalmente.
    Nosso Reffis era, era referencia mundial, agora um bagulho q arrebentou com os titulares absolutos, ?¿¿?¿?¿incompetencia de quem ?¿?¿?¿
    de nos torcedores apaixonados q nao é,
    talvez e com certeza desses diretores incompetentes q apadrinham familiares e
    subsiddam bandidagem documentada e fixada para estrupar torcedores e bater nos pais namorados irmaos.
    Cambada, kkkkambada de nem sei q ?¿?¿?¿?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.