Sempre adiantado! Ceni prepara goleiros do SP para jogarem como líberos

Independentemente de o escolhido para jogar no gol do São Paulo ser Sidão, Denis ou Renan Ribeiro, é bem provável que o torcedor são-paulino veja o arqueiro atuar mais adiantado. Na montagem do seu sistema tático, o treinador prevê que o time atue mais compactado e, desta forma, os goleiros ficam quase sempre mais à frente da meta.

“O Rogério tem pedido para os goleiros jogarem adiantados, para serem quase que líberos da equipe. Estamos fazendo isso no dia a dia, para quando chegar no jogo as coisas ficarem mais fáceis de serem realizadas. Procuramos, dentro do treinamento, colocar a parte de explosão e a velocidade, também”, contou Haroldo Lamounier, o preparador de goleiros do clube.

Exatamente por conta disso, é importante que os jogadores da posição também sejam preparados para atuar com os pés. A ideia é fortalecer o sistema defensivo e agilizar a saída de bola.

“Estamos dando mais ênfase para a situação de jogo. A gente procura trabalhar a saída com os pés, que hoje é bastante cobrada em relação ao goleiro. O Rogério me pediu para que fizesse isso em relação a esse fundamento”, contou Haroldo.

Talvez isso ajude a explicar a contratação nesta temporada de Sidão, que atuou no Audax – equipe conhecida por implantar um sistema tática em que o goleiro deve sempre começar as jogadas sem dar chutão. Denis e Renan Ribeiro, por sua vez, também treinam com os pés, tanto que Denis chegou até em um determinado período da carreira a cobrar faltas.

Para motivar ainda mais o trio, Rogério também tem promovido um rodízio na posição. Além do treinamento para a saída de bola com os pés, Rogério e Haroldo têm tentado implantar algumas mudanças no dia a dia para deixarem as atividades no CT da Barra Funda mais dinâmicas. Alguns dias, por exemplo, Haroldo usou uma raquete para jogar bolas de tênis, que deveriam ser defendidas pelos arqueiros.

“A preparação é quase igual [a dos tempos em que Rogério era goleiro], mas tem algumas metodologias novas de trabalho e ele está tranquilo em relação à preparação de goleiro. Sempre tem algumas inovações na parte didática, em relação ao volume e dinâmica de trabalho”, disse Haroldo.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*