Sem vencer fora, São Paulo reclama de chances desperdiçadas no ataque

No jargão do futebol, o São Paulo perdeu “um caminhão de chances” no primeiro tempo da derrota por 1 a 0 para o São Bento, nesse domingo, em Sorocaba. A ineficiência no campo ofensivo fez a equipe continuar sem uma vitória fora de casa nessa temporada – foram sete empates e três derrotas até aqui. Com a incômoda marca perseguindo o clube, os jogadores tricolores lamentaram ao final da partida as oportunidades desperdiçadas no ataque.

“Quando nós criamos as oportunidades, precisamos colocar a bola para dentro”, reclamou o capitão Denis. “O time tinha que ter feito o gol para esse jogo ser tranquilo. Não fizemos e tomamos o gol num vacilo lá atrás. Claro que o mérito é do jogador deles, que fez fila [na defesa]. Mas nós temos que seguir trabalhando”, acrescentou o goleiro.

Para o volante Thiago Mendes, a queda de rendimento apresentada no segundo tempo também contribuiu para o tropeço do Tricolor. “Criamos várias oportunidades e não concluímos ao gol. O adversário teve uma chance e fez. Futebol é isso aí, quem não faz leva. Não fizemos uma boa partida no segundo tempo e ficamos sem a vitória”, analisou o volante.

Já o zagueiro Lucão pediu para o São Paulo prestar atenção aos erros desse domingo para não cometê-los no jogo de quarta-feira, contra o River Plate, pela Copa Libertadores. “Precisamos trabalhar. Teremos a partida do ano, então temos que focar e esquecer o que passou”, afirmou. “Nosso time errou muitos gols. Para vencer, você precisa colocar a bola na rede. E hoje pecamos muito nas finalizações. Temos que ver esses erros para fazer um bom jogo na quarta-feira”.

O São Paulo terminou a primeira fase do Paulista na segunda posição do Grupo C, com 22 pontos. O adversário da equipe nas quartas de final será o Grêmio Osasco Audax, que terminou na liderança da chave, com 24 pontos. O meia Lucas Fernandes recebeu o terceiro cartão amarelo nesse domingo e será desfalque para o técnico Edgardo Bauza no mata-mata. Já Daniel saiu de campo com dores no joelho e terá de ser reavaliado pelos médicos.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*