Sem peixe no cardápio, destaque do São Paulo nega auge: ‘Posso mais’

Desde a saída de Kaká no fim do ano passado, diretoria e comissão técnica do São Paulo afirmaram que o clube não precisava encontrar um substituto. A aposta cega era em Michel Bastos, que vem provando jogo a jogo em 2015 que o risco renderá bons frutos. Com um gol e três assistências em quatro partidas, o meia celebra a boa fase, mas quer muito mais.

– Esse é um Michel que está trabalhando forte e indo bem. Mas tenho totais condições de melhorar, dar algo mais. Estou em uma fase boa e tenho a confiança dos companheiros, do treinador, da torcida, mas posso mais. O ano começou agora, tem muito pela frente e posso melhorar. Os jogos foram bons, mas é só o começo, não basta ficar só nisso. Preciso me dedicar mais, não só da boca para fora – disse Michel ao L!Net.

A primeira chance de mostar esse “algo mais” citado repetidas vezes pelo camisa 7 será nesta quarta-feira, às 22h, pela 4ª rodada do Campeonato Paulista. O substituto de Kaká poderá mostrar serviço no clássico com o Santos na Vila Belmiro e resolveu apresentar uma outra face de sua personalidade: o brincalhão.

– Sou brincalhão, puxo a turma, mas sei a hora em que posso brincar e sei as horas em que tenho de dar uma acalmada. Aqui no São Paulo eu já faço parte do grupo que agita a galera. Sempre foi isso, não vai mudar – assegurou.

Sendo assim, Michel, prefere carne ou peixe?

– Prefiro carne.

Mas não gosta de peixe?

– Gosto, sim, mas hoje (quarta-feira) eu dispenso (risos).

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*