Selecionáveis colocam bom momento à prova no clássico do Morumbi

O clássico entre São Paulo e Corinthians deste domingo colocará em ação dois volantes da Seleção Brasileira. Convocados pelo técnico Dunga na última quinta-feira, para os amistosos contra França e Chile, o são-paulino Souza e o corintiano Elias estarão em evidência no Morumbi.

Se não fosse justamente Elias e o Corinthians, a fase de Souza seria ainda melhor. O jogador que chegou ao São Paulo no ano passado e já se tornou um dos líderes do elenco viu a credibilidade de sua equipe ser abalada com a derrota por 2 a 0 no clássico da Copa Libertadores da América. Na ocasião, o seu colega de Seleção abriu o caminho para a vitória do rival.

Em função desse tropeço recente, Souza ainda não consegue botar os desafios com o time de Dunga à frente daqueles que tem pelo São Paulo. “Estamos focados no Corinthians. Não podemos perder na vontade. Devemos furar o bloqueio deles, que sabem jogar nos contra-ataques”, advertiu o volante.

Elias é a principal arma dos contra-ataques do Corinthians. No último compromisso da equipe, diante do argentino San Lorenzo, ele novamente provou a sua eficiência com uma arrancada que resultou no gol da vitória por 1 a 0 na segunda rodada do grupo 2 da Libertadores.

Apesar de ter voltado a se destacar dessa forma sob o comando de Tite, que não esconde o fato de adotar o seu volante como um grande trunfo ofensivo, Elias faz questão de valorizar também o seu antigo comandante, Mano Menezes. E quer mostrar ainda mais serviço – a começar pelo clássico deste fim de semana.

“A minha melhor fase está por vir. Com o treinador que temos, nunca estaremos na melhor fase. Estou vivendo um momento muito bom, mas quero seguir melhorando”, disse Elias, enquadrando-se na filosofia exigente de Tite.

Souza também demonstrou respeito pelo técnico do Corinthians. “Eles têm um bom treinador, que conhece muito o nosso elenco e sabe explorar a sua força, que é diferente da nossa. A gente vai mais na posse de bola, no toque. Mas também temos totais condições de vencer”, avisou, encarando a conquista dos três pontos como uma obrigação do São Paulo.

Mesmo com menos Majestosos no currículo do que Elias, Souza já sabe bem o que um resultado no clássico representa. Na derrota por 3 a 2 de 2014, depois que o zagueiro Gil provocou o atacante Alexandre Pato com um “chupa” em uma rede social, o volante se irritou e interveio: “Relaxa e respeita o moleque. Ele não falou nada contigo. Parece torcedor”.

Torcedor declarado do Corinthians, Elias costuma atuar relaxado contra o São Paulo. Ele acumula sete vitórias contra o rival, um empate e nenhuma derrota. Já marcou seis gols sobre o clube que hoje é defendido por Souza.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Selecionáveis colocam bom momento à prova no clássico do Morumbi

  1. Não dá para comparar os dois atletas; aliás, não entendi a convocação do Souza. Acredito que seja uma convocação política do Dunga, pra ficar bem com as grandes torcidas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*