São Paulo visita o Flu para amenizar crise e dar fôlego a Ricardo Gomes

Em situação cada vez mais delicada, o São Paulo visita o Fluminense nesta segunda-feira, às 20 horas (de Brasília), em Mesquita, Rio de Janeiro, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Enquanto a equipe paulista busca a vitória para se distanciar da zona de rebaixamento e dar fôlego ao técnico Ricardo Gomes, o Tricolor carioca tenta se manter no G6, que leva à próxima Copa Libertadores da América.

Após 30 partidas disputadas, o clube do Morumbisoma apenas 36 pontos e continua ameaçado pelo rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro. Além disso, o time do Morumbi não vence há cinco partidas, marcando apenas um gol nesse período.

“É muito difícil a gente criar e quando cria não faz, então falta capricho e tranquilidade. Temos que refletir para o jogo importantíssimo de segunda-feira. É preciso tirar alguma força de dentro de nós para reverter isso. Vivemos dias difíceis e não merecemos pela nossa reação. Acredito que as coisas vão mudar”, analisou o confiante zagueiro Rodrigo Caio.

Para acabar com o jejum de vitórias e dar tranquilidade ao torcedor são-paulino, Ricardo Gomes promoverá algumas mudanças na equipe titular. O treinador deve manter o atacante Robson, que agradou no clássico contra o Santos e pode atuar na ponta esquerda, na vaga que era do lesionado Carlinhos. O time ainda terá o retorno do peruano Cueva como articulador principal de jogadas, substituindo Wesley na função.

Por outro lado, o Tricolor paulista também tem Hudson e Bruno como desfalques certos, ambos por lesão muscular. Dessa forma, João Schmidt tem boas chances de começar o confronto, enquanto Buffarini segue titular na lateral direita.

Na briga pelo G6, o Fluminense busca se recuperar após derrota para o Flamengo (Foto: Nelson Perez/Fluminense)
Na briga pelo G6, o Fluminense busca se recuperar após derrota para o Flamengo (Foto: Nelson Perez/Fluminense)

No Fluminense, o técnico Levir Culpi pretende manter a base derrotada pelo Flamengo na última rodada, em jogo que ainda está causando muita polêmica por causa da anulação do gol marcado por Henrique. O presidente Peter Siemsen, que ainda não decidiu que medidas tomará sobre o assunto, acredita que ao menos os acontecimentos vão servir para motivar ainda mais a equipe tricolor nesta reta final do campeonato.

O treinador, que mais uma vez não ficou satisfeito com a produção do ataque, admite fazer mudanças, mas ainda não anunciou a definição do time. Magno Alves pode começar jogando no lugar de Richarlison, que teve atuação apagada. Outra possibilidade seria a volta de Henrique Dourado, que perdeu a vaga e não teve mais chances de retornar ao time das Laranjeiras.

O volante Pierre, que sofreu forte pancada na canela durante o Fla-Flu, treinou normalmente na última atividade da equipe no domingo e deve ir para o jogo. O volante Douglas está de sobreaviso e pode entrar em seu lugar. Em Mesquita, o zagueiro Henrique espera contar com o apoio da torcida para enfrentar o São Paulo.

“O fator casa faz diferença. A torcida apoiando, fazendo pressão no adversário. Ir para Volta Redonda não foi como queríamos, mas já passou e agora temos outro jogo complicado pela frente. Temos que estar prontos e esperamos que o nosso torcedor mais uma vez compareça em grande número”, afirmou o defensor.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE X SÃO PAULO

Local: Estádio Giulite Coutinho, em Mesquita (RJ)
Data: 17 de outubro de 2016, segunda-feira
Horário: 20 horas (de Brasília)
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Assistentes: Clóvis Amaral da Silva e Bruno César Chaves Vieira (ambos de PE)

FLUMINENSE: Júlio César, Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Pierre (Douglas), Cícero e Gustavo Scarpa; Wellington, Marcos Junior (Magno Alves) e Richarlison (Henrique Dourado)
Técnico: Levir Culpi

SÃO PAULO: Denis; Julio Buffarini, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; João Schmidt e Thiago Mendes; Kelvin, Christian Cueva e Robson; Andres Chavez
Técnico: Ricardo Gomes

 

Fonte: Gazeta Esportiva

2 comentários em “São Paulo visita o Flu para amenizar crise e dar fôlego a Ricardo Gomes

  1. Vamos la, estamos na boca do rebaixamento. Amanhã com esse treinador bosta é derrota certa, será que durante a semana ele cai, ou só cai junto com o time?

    Mas isso não interessa, o importante mesmo é dar fôlego ao Gomes, recuperar o Michel e o Wesley. Foda-se o São Paulo, isso é segundo plano.

    Se o Marco Aurélio vai ser nulo assim também como presidente, continua com o Leco mesmo. Pelo menos a gente se decepciona menos.

  2. RG esse jogo sera o divisor de aguas, apesar de nosso time estar uma draga e jogar fora contra um adversario que esta um pouco melhor e esta brigando pela libertadores, uma vitoria e ate um empate nao sera de todo ruim e para os proximos 2 jogos teoricamente mais facil quem sabe ganhamos e escapamos de vez, pq os 2 jogos seguintes a esse , curintias a gaymio ai o bicho pega.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*