São Paulo vai promover integração entre base e profissional em março

O São Paulo planeja uma ampla integração entre categorias de base e departamento de futebol profissional para março. Após o fim das férias dos jogadores das categorias inferiores, o clube pretende tornar frequente o intercâmbio de atletas e funcionários entre o CT da Barra Funda e Cotia.

De acordo com o gerente executivo da base, Júnior Chávare, a ideia é que os departamentos de fisiologia, preparação física e medicina também sejam integrados. Conceitualmente a troca de informações existe, mas a ideia agora é tornar tudo real na prática. Para isso, os profissionais das categorias inferiores estarão em contato semanal com o técnico Muricy Ramalho.

– Cotia não existe só para fabricar jogadores, mas também podemos fornecer profissionais de fisiologia, fisioterapia, médicos e massagistas, enfim, para quando for necessário. Em março teremos uma semana de estudos integrados em Cotia para que haja esse intercâmbio. Ele (Muricy) vai estar conosco participando também da parte tática e técnica – disse Chávare.

Durante o encontro, Muricy também conversará com o técnico Menta, responsável por comandar o Tricolor na campanha da Copa São Paulo de Futebol Junior. O time foi eliminado nas semifinais para o Corinthians. O principal destaque foi o centroavante João Paulo, autor de sete gols.

– Há uma análise detalhada da participação dos jogadores da Copinha. Ela será entregue ao Muricy – disse Chávare.

Questionado sobre a intenção de aproveitar algum dos garotos do Tricolor no elenco profissional, Muricy sinalizou de forma positiva.

– Conheço alguns deles. Agora vou participar mais dos treinamentos. Na volta das férias deles vamos juntar todas as partes: profissional e amador em uma coisa só. Vamos conversar semanalmente para saber quem tem possibilidade. Nenhum dirigente vai determinar nada, mas sim o técnico da base – disse Muricy, na semana passada.

– Vou conversar com o Menta. Tenho alguns pensamentos sobre esses jogadores, mas vou sentir dele, porque no dia a dia que você conhece o cara, se vai sentir (jogando no profissional) ou não, para ver se dá para puxar alguém. Como aconteceu na outra Copinha do ano passado. Agora temos o Lucão, o Ewandro e o Boschilia. Com certeza vamos trazer alguém – emendou.

Após promover mudanças nas categorias de base, entre elas a demissão de Juvenal Juvêncio, o presidente Carlos Miguel Aidar disse ter acabado com uma “máfia” que atuava em Cotia. Antes, as categorias inferiores trabalhavam com 320 garotos e agora possuem 150. O objetivo de Aidar é ter mais atletas revelados no time profissional.

 

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “São Paulo vai promover integração entre base e profissional em março

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*