São Paulo tenta tirar joia sub-20 do Atlético-PR em novo caso Oscar

Pouco mais de cinco anos depois de ver Oscar deixar o clube ao entrar na Justiça, o São Paulo agora pode protagonizar o lado oposto de um caso parecido: o meia Nathan, de 19 anos, integrante da seleção brasileira sub-20, pode sair do Atlético-PR de forma semelhante nas próximas semanas e partir para o Morumbi.

Nathan assinou, aos 16, um contrato de três anos com o Atlético-PR, que se encerra no fim deste mês. Segundo o Atlético-PR, no acordo de vínculo consta uma cláusula bilateral que, se exercida por uma das partes, obriga clube ou jogador a prorrogar o contrato por mais dois anos. O Atlético-PR exerceu a cláusula, e Nathan não aceitou. O clube, então, foi à Justiça e agora tenta assegurar por meios legais que o atleta não saia em abril, sem qualquer indenização.

O São Paulo observava a situação, interessado no jogador. Nas últimas semanas, as conversas sobre Nathan se intensificaram – quatro pessoas ligadas ao futebol do São Paulo admitem o interesse. Diretoria de futebol e o próprio técnico Muricy Ramalho tratam sobre o nome em reuniões semanais e já falam até sobre as funções que o jovem poderia desempenhar na equipe: meia central, como Paulo Henrique Ganso, ou ponta, como Michel Bastos e Centurión.

A segunda audiência sobre o caso está marcada para a próxima quinta-feira, dia 26. Se a decisão for favorável a Nathan, o meia estará livre no dia 31 – fim de seu atual contrato – para assinar com qualquer clube.

Pai e empresário do meia, José Carlos de Souza não admite negociação com o São Paulo, mas diz que não está disposto a ver o filho no Atlético-PR a partir de abril. Recentemente, ele foi à Europa para buscar interessados pelo meia.

 

Fonte: Uol

6 comentários em “São Paulo tenta tirar joia sub-20 do Atlético-PR em novo caso Oscar

  1. Ninguém falou nada do Internacional com o caso Oscar, é só o SP que é vilão.

    Lembrei também do Palmeiras e Corinthians de olho naquele moleque da nossa base que saiu falando groselha em um entrevista, esqueci o nome. E ninguém falou nada também.

    Se o moleque acha que o nosso tricolor é um lugar melhor, que venha.

  2. Acho que o SPFC deveria se afastar dessas situações, um clube como o nosso, com o CT Cotia não deveria ficar entrando nessas disputas que mais denigrem o nome do clube do que trás vantagens concretas.

    Pega muito mal para a história e a postura administrativa que o SPFC sempre teve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*