Muricy supera falta de apoio de “minoria” e vê bom ambiente de novo

Desde horas antes do apito inicial do jogo contra o San Lorenzo, toda a torcida do São Paulo deu mostras de que, independentemente da situação, o time seria apoiado. Muricy Ramalho e os jogadores voltaram a ter seus nomes gritados na arquibancada, e o gol salvador de Michel Bastos nos minutos finais selou as pazes entre arquibancada e equipe.

“Ficou no passado. A gente tem que dar pouco valor a essas coisas. Sempre é minoria”, disse o treinador, uma semana depois de ter sido esquecido pela torcida pela primeira vez desde que retornou ao clube, em 2013. Na quinta-feira passada, em vez de ter seu nome gritado, Muricy ouviu a maior uniformizada são-paulina pedir “trabalho”.

“Hoje foi (apoio) o tempo todo”, comparou, superada a falta de apoio dos torcedores no duelo contra o São Bento. “A gente depende muito deles. Foi assim no ano passado, em que eles nos ajudaram bastante. Vamos deixar as coisas negativas de lado, porque o São Paulo é muito grande para ficar pensando nisso”.

O pensamento é exclusivamente avançar para o mata-mata tanto da Copa Libertadores quanto do Campeonato Paulista. Agora, graças à vitória desta quarta-feira sobre o San Lorenzo, por 1 a 0, com clima muito melhor do que o vivido após a segunda derrota para o Corinthians, há quase duas semanas. Clima que Muricy jura ter melhorado nos últimos dias, como teria provado o triunfo no Morumbi.

Fernando Dantas/Gazeta Press

Deixando polêmica para trás, Muricy entende que não é hora de falar sobre atrito com torcida tricolor

“Tenho muita experiência nisso, consigo separar as coisas boas das ruins, juntar as boas e transferir algo positivo para o time. A gente estava muito positivo na semana e só poderia ter dado nisso. A soma de um lado e outro é o que dá resultado. A semana boa transferiu para o time, veio forte e ficou legal”, avaliou.

Certamente mais aliviado por alcançar os seis pontos em três partidas na Libertadores, o São Paulo volta a trabalhar na tarde desta quinta-feira, no CT da Barra Funda. O próximo compromisso da equipe será no Estadual, frente ao Marília, também no Morumbi.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*