São Paulo arma defesa para frear o Atlético-MG de R49 e Bernard

A defesa do São Paulo vai se encontrando neste Campeonato Brasileiro. Nos últimos cinco jogos, o time sofreu apenas três gols (média de 0,6 por partida). Nesta quarta-feira, sem o vetado Rhodolfo, o setor passará por uma prova de fogo: enfrentará o Atlético-MG, que tem o ataque mais efetivo da competição, às 22h, no estádio Independência, pela 24ª rodada do nacional. O elenco, porém, diz estar preparado para o teste.

– É uma boa equipe. Tivemos muitas dificuldades contra eles aqui. Tanto na marcação como no ataque, eles são muito fortes. Treinamos bola parada que é o ponto forte deles. É difícil, mas vencemos uma vez e sabemos que podemos fazer isso de novo mesmo sem mim – disse o zagueiro Rhodolfo, que será poupado por conta de dores no músculo posterior da coxa esquerda.

Edson Silva e João Filipe estão no páreo pela vaga ao lado de Rafael Toloi. O também zagueiro Paulo Miranda deve fazer a função de lateral direito – ou herdar o posto de Rhodolfo na zaga. Todos, porém, já sabem o que fazer e quem parar.

A grande meta é repetir o feito do primeiro turno, quando o time do Morumbi venceu por 1 a 0 em casa. O Galo do veloz Bernard e do craque Ronaldinho Gaúcho, do melhor ataque da competição (com média de 1,73 gols por jogo) parou. Wellington, que faz a função de primeiro volante, não estava em campo no primeiro turno, mas será titular agora e aponta como parar R49.

– Não faremos uma marcação individual. Será por setor. Onde ele cair, vamos marcar. Precisamos estar atentos porque ele é um jogador diferenciado. Mas o São Paulo também tem jogadores que podem desequilibrar se eles não ficarem espertos.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*