Rodrigo Caio pode se despedir do Corinthians, rival de sua estreia

A arma do São Paulo contra o Corinthians hoje, às 19h30, no Morumbi, está na defesa. Quarto melhor do Campeonato Brasileiro, o setor conta com um integrante no melhor momento da carreira. Não se trata de Maicon, o capitão do time, mas de Rodrigo Caio. Em grande forma física e técnica, o campeão olímpico espera ser decisivo novamente contra o rival que mais marcou sua trajetória no Tricolor.

Foi contra o Corinthians que o zagueiro formado em Cotia estreou, em 2011, e é dele que Rodrigo espera se despedir neste sábado. O zagueiro já pediu à diretoria para ser negociado e ambos concordam que é preciso acontecer na próxima janela de transferências, no fim do ano. Portanto, esta pode ser a última oportunidade para o jovem de 23 anos sentir novamente o gostinho da vitória e esquecer o dissabor de duas goleadas (5 a 0 na estreia e 6 a 1 no Brasileiro de 2015).

Rodrigo já foi herói contra o Corinthians. Em 2014, colocou fim a um jejum contra o rival e os demais grandes com um gol na vitória por 3 a 2. Era uma prova de sua qualidade no ataque, combinando bom posicionamento e impulsão, algo que ele aproveita até hoje. Contra o Fluminense, no Rio de Janeiro, há duas semanas, o zagueiro garantiu a vitória para o Tricolor com um gol de cabeça nos minutos finais . O resultado permitiu ao time brigar hoje por uma vitória para praticamente se livrar do risco de rebaixamento.

De olho no dinheiro que a venda do zagueiro pode acarretar para o planejamento de 2017, a diretoria já trabalha para negociá-lo. Antes, porém, Rodrigo Caio pode atingir uma marca expressiva. Ele faz hoje o jogo de número 196 pelo São Paulo. Se disputar todas que restam até o fim do ano, chegará a 200 partidas pelo clube do Morumbi. A missão não é tão fácil quanto parece.

Rodrigo Caio foi convocado por Tite para os jogos da Seleção Brasileira pela Eliminatória da Copa. Na quinta-feira, o Brasil enfrenta a Argentina, no Mineirão, e cinco dias depois encara o Peru, em Lima. O São Paulo joga no dia 16 contra o Grêmio, mas como deve ser reserva entre os selecionados, o defensor espera estar em campo pelo Tricolor.

A estreia de Rodrigo Caio pelo São Paulo foi traumática, com a goleada de 5 a 0 para o Corinthians no Pacaembu. Cinco anos se passaram, o garoto adquiriu maturidade e hoje tem potencial para liderar o time. Ele já fez isso uma vez e tentará de novo para melhorar seu retrospecto contra o adversário. Em 12 jogos, foram duas vitórias, cinco empates e cinco derrotas.

O FIM DO TABU
Corinthians 2×3 São Paulo – 9/3/2014
O São Paulo estava há 12 clássicos sem vencer. Para piorar, Antônio Carlos, companheiro de zaga de Rodrigo, marcou dois gols contra. O jogo estava 2 a 2 até os 33 minutos do segundo tempo, quando Rodrigo subiu mais que a zaga na cobrança de escanteio e garantiu a vitória.

RODRIGO CAIO X CORINTHIANS
2016 Corinthians 1×1 São Paulo Brasileiro
2016 Corinthians 2×0 São Paulo Paulista
2015 Corinthians 6×1 São Paulo Brasileiro
2015 São Paulo 2×0 Corinthians Libertadores
2014 São Paulo 1×1 Corinthians Brasileiro
2014 Corinthians 2×3 São Paulo São Paulo
2013 São Paulo 0x0 Corinthians Brasileiro
2013 Corinthians 0x0 São Paulo Brasileiro
2013 Corinthians 2×0 São Paulo Recopa
2013 São Paulo 1×2 Corinthians Recopa
2011 São Paulo 0x0 Corinthians Brasileiro
2011 Corinthians 5×0 São Paulo Brasileiro

 

Fonte: Lance

2 comentários em “Rodrigo Caio pode se despedir do Corinthians, rival de sua estreia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*