Responsável por bancar Muricy, vice se torna vidraça nos bastidores

Ataíde Gil Guerreiro, vice-presidente de futebol do São Paulo, está no olho do furacão. As críticas vêm de todos os lados. Dentro do clube, muitos reclamam do seu estilo centralizador. Fora, a principal torcida organizada decidiu declarar guerra ao dirigente, inclusive fazendo ameaças de agredi-lo durante a passagem do Tricolor pela Argentina, na próxima semana. Com a manutenção de Muricy Ramalho como técnico, Ataíde colocou sua cabeça a prêmio no Tricolor. Se nada funcionar daqui para frente, é ele quem terá de se explicar. Afinal, foi quem bancou a permanência do treinador.

Ataíde Gil Guerreiro, vice-presidente de futebol do São Paulo, conversa com Muricy (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)Mesmo com resultados ruins, Ataíde Gil Guerreiro segue defendendo Muricy (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Quando Aidar o colocou no comando de futebol, Ataíde ganhou carta branca para tocar o departamento. E, mesmo contra a vontade de muita gente, Muricy foi mantido. Quando o técnico colocou o cargo à disposição, após a derrota por 3 a 0 para o Palmeiras, muitos defendiam que a saída era o melhor caminho para fazer o time reagir. Os críticos do treinador alegam que ele está desatualizado e que, pelos seguidos problemas de saúde, não tem mais a força para fazer o time reagir. Mas Ataíde foi contra a maré e manteve o comandante.

Uma pessoa ligada ao clube, ao ser questionada sobre o assunto, resumiu a questão da seguinte maneira:

– Ele (Ataíde) se colocou na linha de tiro junto com o Muricy. Agora eles estão juntos, o técnico foi mantido. Como será se o time perder para o San Lorenzo? O Muricy vai entregar de novo?  Como o Ataíde vai proceder? O Ataíde se colocou em uma situação extremamente complicada – afirmou.

As críticas em relação ao futebol do São Paulo não atingem apenas o treinador. Os mais extremistas defendem uma limpa completa, passando por Milton Cruz (auxiliar), Sérgio Rocha (preparador físico), Zé Mário Campeiz (preparador físico) e Gustavo Vieira de Oliveira (gerente de futebol). Todos são segurados nos respectivos cargos por Ataíde. E, com isso, aumenta a lista de descontentes dentro do clube.

–  É preciso limpar uma filosofia antiga e que permanece no São Paulo, do ex-presidente. Falta alguém para fazer a ponte da diretoria com os jogadores. Papel que, por exemplo, é feito pelo Edu no Corinthians e pelo Serginho Chulapa no Santos. Hoje, ninguém faz isso no São Paulo – ressaltou outra pessoa que recentemente passou pelo clube.

Ataíde não se importa. Com pulso firme, rebate os críticos e chama a responsabilidade. Ao ser questionado sobre a ameaça feita pela torcida organizada, ele respondeu mostrando bastante serenidade.

– Eles estão certos. O time não está jogando bem, eu também estou insatisfeito. Vamos trabalhar para buscar a vitória na Argentina. Quem sabe eles voltam a nos apoiar se fizermos a nossa parte – ressaltou.

Hoje é possível dizer que nada muda no São Paulo. Em uma semana, ninguém pode garantir. Nem mesmo Ataíde Gil Guerreiro.

Globo Esporte

5 comentários em “Responsável por bancar Muricy, vice se torna vidraça nos bastidores

  1. Discordo prontamente do exposto abaixo pelos colegas.
    Um mau funcionario, ou um funcionario que na’o corresponde
    com o tipo de trabalho proposto deve ser demitido sim,
    na’o importa o momento que da vida dele.
    O que importa nesse caso sa’o resultados em jogos de igualdade,
    e isto na’o vem sendo alcancado.
    Sa’o um comeco de temporada onde depois de quase vinte jogos
    esses vagabundos apresentam cada vez mais uma piora de comportamento
    que na’o condiz com as expectativas propostas.
    O LORENZO e’ em BsAs e alguem duvida que na’o um trara’o uma derrota de la,
    pois fomos visitar nossos dois vizinhos aqui e levamos derrotas humilhantes,
    nossos vizinhos na’o sa’o nem melhores nem piores.
    Hoje o LORENZO e’ lider do campeonato argentino que na’o e’ mesmo essa
    merda de paulistinha mau acabado.
    O momento da chacoalhada teria sido ontem, na’o importando se foram
    os porcos que derrubaram nosso competente mas ineficiente trenero.
    ???????????? Sou LORENZO la’, quem aposta no SAO PAULO ???????????
    murici, e’ o retrato da derrota, e derrotados tem que ser trocados
    na’o importando a hora, nada disso teria acontecido, nem mesmo minha revolta
    se ao menos os resultados dos vizinhos daqui fosses outros, talvez mesmo
    derrotas mas com dignidade.
    As derrotas tem um lado positivo, podem ser mudadas,
    porem isso na’o vem sendo feito, e sempre o que se ve s’ao biribol e futvolei,
    nosso jogo chama-se F U T E B O L

    • O bem-humorado protesto aconteceu na Praça Roberto Gomes Pedrosa, local por onde chegam os ônibus das duas equipes. Vestidos com coletes laranjas, os torcedores recebiam ordens de um “Muricy Ramalho” que apitava o treino e dava ordens como: “Agora a posse de bola, corram entre os cones”. A crítica é que o treinador do São Paulo, supostamente, só apita os treinos e não trabalha de maneira mais aprofundada.

      Detalhe na’o gosto de organizadas, mas esse protesto da independente foi otimo.
      Ridiculariza geral, enfim tem que se tomar e buscar soluco’es antes
      do acontecido, demitir depois nem precisa, deixa correr legal
      rumo a B.

  2. Bem pelo menos temos um vice que não tem medo de se expor e pagar o preço que for necessário. Tirar Muricy nesta altura do torneio é coisa de sonhador e passional. Ataíde G.G ganhou meu respeito ao contrário daquele presidente paspalhão que só dá bola fora.

  3. Acho que quem acompanha este site sabe da minha opinião à cerca do trabalho do MR. Desta feita, porém, tenho que concordar com o vice na manutenção do treinador até o próximo jogo contra o San Lorenzo: não havia tempo para uma troca sem maior prejuízo para o clube. Nada foi ventilado a respeito, mas acho que esta foi a principal causa da permanência do treinador, que pode estar fazendo um péssimo trabalho, mas que é um homem honrado e não iria fugir numa hora de necessidade de seu clube de coração. Seria muito ruim o Milton Cruz no banco, num jogo tão importante.
    Acho que agora não é a hora certa das organizadas protestarem: afinal, elas foram as principais responsáveis pelos gritos de “é Murici” ouvidos nos estádios, assim como, e pior, “é Luis Fabiano”, dois que, nesta passagem, nada acrescentaram ao time…

  4. Vitoria contra o LORENZO, contra esses argentinos que sa’o melhores que o timeko
    do bamby dudu, inocentado pelo dinamico e eficiente trenero atual pelas suas tentativas de nos humilhar, e sua
    comissa’o tecnica que depois de praticamente vinte jogos consegue
    ter um padra’o de jogo pior que o Marilia, Capivariano, Linense, Audax,
    Brodowski e Ariranha, sem contar no preparo fisicao negativo, tipico de quem treina biribol e futvolei.
    adalberto porchi era um folgado e corredor de carro,
    esse na’o sei o que e’, talvez um ignorante do futebol, apenas.
    Estou aceitando apostas, sou LORENZO,
    vamos srs jogadores, todos leem nossos comentarios enta’o venham.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*