Crise no São Paulo reforça racha entre CT da Barra Funda e Morumbi

As circunstâncias fizeram com que o São Paulo e Linense neste domingo, às 16h, no Morumbi, crescesse em importância. A responsabilidade, porém, é só do Tricolor, que encara o jogo do Estadual como um recomeço. É para começar a sair do buraco e evitar que o clube pegue ainda mais fogo.

Desde a derrota de 3 a 0 para o Palmeiras, na última quarta-feira, o São Paulo vive sob alta tensão. O vexame e seus desdobramentos deram ainda mais munição para incendiar os bastidores do clube.

O técnico Muricy Ramalho é o símbolo e peça central da crise. A abatida entrevista coletiva após o Choque-Rei agitou as cornetas no ouvido do presidente Carlos Miguel Aidar pedindo a saída do técnico e deixou o CT da Barra Funda totalmente fragilizado. E furioso.

A queixa dos profissionais que trabalham no futebol do São Paulo é de que há um clima de terror permanente gerado pela gestão de Aidar e isso acabou chegando ao time, apesar da tentativa de blindagem do vice-presidente de futebol Ataíde Gil Guerreiro e do gerente executivo Gustavo Oliveira, ao lado de Muricy.

Os funcionários do CT estariam temerosos e rendendo menos do que podem em meio à crise política e agora no campo, ainda mais forte.

– O pessoal tenta se esconder com medo de perder o emprego e acaba tirando o foco – disse um deles.

As pessoas próximas a Aidar defendem o presidente e fazem críticas à estrutura da Barra Funda. Dizem que a blindagem é exagerada e deixa os jogadores em zona de conforto.

Enquanto isso, Muricy trabalhou ontem para tentar reverter o quadro. Joga hoje de olho no duelo de quarta-feira contra o San Lorenzo (ARG), pela Libertadores. Uma vitória hoje é vista como essencial para dar ânimo para a decisão na Argentina.

Muricy também quer aproveitar a partida no Morumbi para observar opções. Apesar de inclinado, ele ainda não sabe se vai abrir mão dos principais medalhões em Buenos Aires, mesmo com a avaliação de que precisam render mais coletivamente, casos de Ganso, Pato e Luis Fabiano.

O treinador sabe que só os resultados positivos vão trazer tranquilidade para seguir o trabalho. Ele ganhou sobrevida com as reuniões após o clássicos, mas sabe que tudo pode mudar dependendo do resultado que obtiver em Buenos Aires.

Um tropeço hoje, apesar de a equipe está com muitos desfalques, deixaria a situação ainda mais preocupante. O São Paulo vive em crise e tem pressa para sair dela. É hoje!

Fonte: Lance

2 comentários em “Crise no São Paulo reforça racha entre CT da Barra Funda e Morumbi

  1. Também acho que essa política de ficar “blindando” esses medalhões está “fazendo água” há muito tempo! Assim é que um jogador faz um passe de pouco metros nas costas do outro, atrasa toda uma jogada importante… e o que acontece? Aplausos de incentivo ao “grosso”; como a incentivá-lo que, da próxima, continue igual. No meu tempo, na várzea, toda vez que eu fazia um passe desses a algum colega eu quase apanhava dele e de todos os outros. Também quando eu era prejudicado por um passe errado, coitado de um certo órgão de quem tinha errado, porque logo era lembrado a tomar. No SP não! Os mocinhos são todos bem educados; reconhecem que precisam ser finos para jogar no time e não falam palavrão: boca suja é reserva. Ah, que saudade do Gerson, que além do órgão do companheiro, também lembrava a sua mãe, por algum erro banal cometido; do Romário, que até empurrões dava nos seus “parceiros” por besteiras cometidas. Sem contar Tostão, Rivelino, Carlos Alberto Torres, todos muito politicamente incorretos mas com “sangue no zóio” e muito mais vontade de vencer (de preferência sempre)… Precisamos de um time de mal-educados mas que ganhem os jogos; que sejam amigos mas que se cobrem duramente, como tem que ser no calor do jogo. A bem da verdade devo dizer que, depois de muito tempo, no jogo contra o parmera vi uma atitude dessas: do Michel, contra seu treinador, na beira do campo…

  2. Podem abrir apostas, estou aceitando.
    Infelizmente quando falamos de $$$$$ tambem na’o sou ta’o idiota.
    Sou LORENZO.
    Pelo tudo que visto e avaliado, depois de praticante 20 jogos nessa temporada
    e esse time vagabundo e omisso dentro de campo deixando um viadinho
    tipo bamby montar a caballo em seu trasero e nosso admiravel murici,
    o absolve, alem de tentar dar canetas e nos humilhar o tempo todo,
    pelo visto na’o e’ contra o LORENZO que tudo vai mudar, dificil, pode acontecer,
    mas e’ improvavel.
    ???? Quem vai nessa ???????????
    Gostaria que aparecem os protagonistas do jogo, ja’ que todos leem
    nossos comentarios.
    Seria empolgante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*