Renan Ribeiro não renova com Atlético-MG e destino será o São Paulo

A diretoria do Atlético-MG considera iminente a saída do goleiro Renan Ribeiro, cujo destino em 2013 será o São Paulo, como informou o jornalista Vitor Birner, em seu blog no UOL Esporte, no sábado passado . O jogador não aceitou proposta para renovar o contrato que se encerra em maio de 2013.

O jovem goleiro, que pode assinar um pré-contrato com outro clube, rejeitou a proposta salarial feita pela diretoria atleticana em torno de R$ 60 mil mensais. O jogador não deve ser liberado pelo clube mineiro antes do término do vínculo.

A diretoria atleticana espera uma compensação para liberar o jovem goleiro antes do final de seu vínculo. O diretor de futebol do Atlético, Eduardo Maluf, não quis comentar sobre o assunto, mas informou que o jogador ainda não foi liberado pelo clube mineiro.

Renan Ribeiro perdeu espaço no elenco atleticano no final desta temporada. Nos últimos jogos o atleta ficou de fora até mesmo da relação de convocados, mostrando já não fazer parte dos planos do técnico Cuca. Paulo Victor foi o reserva de Victor, já que Giovanni se recupera de dores lombares.

O jovem goleiro, formado na base do Atlético, foi titular na reta final do Brasileirão 2010 e surgiu como grande promessa da equipe, ajudando a evitar o rebaixamento para a Série B do Brasileiro. Porém, a temporada de 2011 do atleta foi irregular. Renan Ribeiro falhou em alguns jogos e se revezou com Giovanni.

Nesta temporada, o jovem goleiro voltou a falhar em jogos importantes e perdeu espaço para Giovanni, que foi titular na reta final do Campeonato Mineiro e nas sete primeiras rodadas do Brasileirão. Com a chegada de Victor, contratado junto ao Grêmio, Renan Ribeiro se tornou terceira opção do gol e não jogou mais.

Com a iminente saída, o goleiro se juntará ao zagueiro Luiz Eduardo e ao lateral esquerdo Triguinho, que já foram liberados e não vão renovar contrato com o Atlético. Juninho retornará ao Atlético-GO, clube que detém os seus direitos econômicos. Por sua vez, Richarlyson e Escudero, que ficam sem contrato com o clube no final do mês, ainda negociam uma renovação.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*