Renan Ribeiro enaltece “referência” Ceni após estreia sem sustos

Depois de quase dois anos de espera, Renan Ribeiro fez sua estreia no gol do São Paulo na noite desta quarta-feira, na fácil vitória por 3 a 0 sobre a Portuguesa. Ao final do jogo em que pouco foi exigido, no Morumbi, o goleiro fez questão de enaltecer a importância de Rogério Ceni em sua carreira.

“É um cara que é muita referência para mim. Desde pequeno, sempre me espelhei demais nele. Venho tentando pegar o melhor dele para colocar no meu trabalho”, disse o jogador de 25 anos, que assumiu o posto de reserva imediato em razão da lesão de Denis no ombro direito.

Apesar da necessidade de vitória da Portuguesa para escapar da queda à Série A-2 do Campeonato Paulista, Renan Ribeiro praticamente não trabalhou ao longo dos 90 minutos. Sua única defesa foi nos minutos finais do segundo tempo, quando o adversário já jogava com um a menos, depois da expulsão do atacante Edno. Ele saltou buscou a bola no ângulo esquerdo.

Fernando Dantas/Gazeta Press

Ataque da Portuguesa, rebaixada mais uma vez, pouco fez para incomodar o goleiro Renan Ribeiro

Com a estreia nesta quarta-feira, o ex-atleticano se tornou o 90º goleiro a defender o clube na história. “Começa uma nova história, um novo ciclo na minha vida. Estou preparado, para o que tiver que vir… Nesses dois anos, venho corrigindo o que errei lá atrás, aperfeiçoando no dia a dia. Tenho 25 anos, acho que estou preparado”, comentou, na saída do gramado do Morumbi.

Apesar de ter atuado diante da Portuguesa, Renan Ribeiro deverá ter nova longa espera por outra oportunidade. A partir do fim de semana, Rogério Ceni retoma o lugar para enfrentar o Red Bull, pelas quartas de final do Estadual. O dono da posição tem contrato até 6 de agosto.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Renan Ribeiro enaltece “referência” Ceni após estreia sem sustos

  1. Aí está um exemplo do que venho escrevendo aqui: ninguém é capaz de fazer uma partida no SP, principalmente no gol, sem fazer referência a quanto o RC é grande e serve de “inspiração”. Sim, ele foi importante para o SP! De uns dois anos para cá, ele mais tem atrapalhado os trabalhos no clube. Quem primeiro – e único – a bater de frente contra isto, Ney Franco , teve que sair após ver seu trabalho boicotado internamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*