R. Ceni não deve antecipar aposentadoria se for eliminado pelo Corinthians

A boa campanha no Brasileirão de 2014 e a promessa daquele que parecia ser um 2015 vitorioso para o São Paulo fizeram Rogério Ceni desistir da aposentadoria e renovar contrato com o clube por oito meses, até 5 de agosto. A data do término do vínculo coincide com a da final da Copa Libertadores. Nesta quarta-feira, porém, o São Paulo lutará para passar às oitavas de final. E, se não passar, o goleiro não deve antecipar a aposentadoria.

O adversário do São Paulo na última rodada da fase de grupos do torneio é o Corinthians, equipe que já derrotou o São Paulo duas vezes nesta temporada – uma pelo Paulistão e outra na própria Libertadores. Se não vencer no Morumbi nesta quarta-feira, o São Paulo pode não ir às semifinais em caso de vitória do San Lorenzo (ARG) sobre o Danubio (URU).

Quem trabalha com Rogério Ceni no dia a dia do CT da Barra Funda afirma que não existe qualquer chance do goleiro antecipar a aposentadoria em caso de eliminação na quarta-feira. Primeiro porque não gostaria de ficar marcado como aposentado pelo arquirrival Corinthians, depois de tantos anos de glória, e segundo porque o contrato vai até o início de agosto. Até a data, o São Paulo jogará 16 rodadas do Brasileirão – quase metade do campeonato.

Ainda em caso de eliminação precoce da Libertadores, o São Paulo mais de três meses para organizar eventos de despedida para o goleiro. O período, se fora da competição sul-americana, também deverá ser usado para promover a sucessão da titularidade no gol em doses homeopáticas. Hoje o São Paulo não tem à disposição o reserva Denis, que passou por cirurgia no ombro direito e só volta a jogar em setembro. Se Rogério se aposentasse agora, Renan Ribeiro, teceiro goleiro, viraria o titular imediatamente. Até agosto, porém, o veterano poderia ceder algumas chances ao goleiro de 25 anos que, depois de dois anos no Morumbi, estreou neste Paulistão de 2015.

Ao renovar o contrato do goleiro, o presidente Carlos Miguel Aidar anunciou que, em caso de título na Libertadores, haveria nova conversa para que o vínculo fosse renovado até o fim do ano para que Rogério Ceni pudesse atuar em um eventual Mundial, em dezembro de 2015, prestes a completar 43 anos.

O São Paulo só depende de um bom resultado para continuar na Libertadores. Hoje o clube ocupa a segunda posição no Grupo 2 do torneio, com nove pontos. O Corinthians, líder, tem 13. San Lorenzo, terceiro colocado, tem sete. O lanterna Danubio não marcou nenhum ponto em cinco rodadas. Se vencer na quarta-feira, o São Paulo estará classificado. Se empatar, terá de torcer para que o San Lorenzo não vença o Danubio na Argentina por 4 a 0 ou outros placares por quatro gols de diferença – Corinthians e o próprio São Paulo aplicaram 4 a 0 no Danubio quando atuaram em casa.

Ainda se empatar por 0 a 0 ou 1 a 1 com o Corinthians, o São Paulo poderá ser ultrapassado caso o San Lorenzo vença por placares de três gols de diferença iguais ou superiores a 5 a 2. Argentinos ultrapassariam pelo critério de gols a favor. Em caso de derrota são-paulina, uma vitória por qualquer placar classifica o San Lorenzo.

Enquanto não define o sucessor de Muricy Ramalho, que deixou o comando do time há 15 dias, o São Paulo joga a quinta partida com o coordenador e interino Milton Cruz. Depois de três vitórias sobre Portuguesa, Red Bull Brasil e Danubio, o time sob o comando do ex-auxiliar de Muricy foi eliminado pelo Santos na semifinal do Paulistão. A diretoria ainda não conseguiu uma resposta do argentino Alejandro Sabella, e agora vê crescer a pressão interna pela contratação de Vanderlei Luxemburgo, eliminado com o Flamengo no Campeonato Carioca.

 

Fonte: Uol

4 comentários em “R. Ceni não deve antecipar aposentadoria se for eliminado pelo Corinthians

  1. Deveria tomar vergonha e se aposentar, parar de explorar o clube e comprometendo o time como vem fazendo, levando gols ridículos.
    Já chega, é ídolo mas não eh maior que o clube, um dia Raí parou, Zetti parou, Pedro Rocha parou, e continuam sendo ídolos da torcida.

  2. Não temos goleiro há muito tempo….temos um ídolo, isso é diferente! Mas goleiro, não temos é será difícil formar ou arrumar outro enquanto o RC continuar. Este é apenas mais um problema do SP…. O RC é maior que o clube, dita as regras. Coitado desses eternos reservas….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*