Corinthians defende sete anos de invencibilidade no Morumbi

O Corinthians volta a jogar nesta quarta-feira, pela Copa Libertadores, contra o São Paulo, no Morumbi. Já garantido vaga nas oitavas de final do torneio sul-americano, o Alvinegro tem uma missão: manter a incrível invencibilidade de 13 jogos na casa do rival, construída nas últimas sete temporadas.

O Corinthians não perde no estádio tricolor desde fevereiro de 2007. Nas últimas 13 partidas, foram seis vitórias e sete empates. Além de manter o tabu, pontuar nesta quarta-feira poderá significar também contribuir para a eliminação do rival na Copa Libertadores, o que serviria de um alento para os torcedores após a queda nos pênaltis diante do Palmeiras na Arena.

O triunfo colocará o São Paulo nas oitavas de final do torneio sul-americano, mas a derrota para o Corinthians deixaria o San Lorenzo a uma vitória simples diante do fraco Danubio (URU), em casa, para se garantir. O empate também deixaria os argentinos vivo, mas com a necessidade de golear os uruguaios por 4 a 0.

Essa possibilidade de manter a invencibilidade de sete anos (ou 13 jogos) desmente aquele que vê o Majestoso da próxima quarta-feira como um jogo sem valor ou responsabilidade por parte do Corinthians. Definitivamente.

OS 13 JOGOS DE INVENCIBILIDADE 

08/03/15 SAO 0x1 COR Paulistão
13/10/13 SAO 0x0 COR Brasileirão
03/07/13 SAO 1×2 COR Recopa
05/05/13 SAO 0X0 COR Paulista
31/03/13 SAO 1×2 COR Paulista
21/09/11 SAO 0x0 COR Brasileirão
07/11/10 SAO 0x2 COR Brasileirão
27/09/09 SAO 1×1 COR Brasileirão
19/04/09 SAO 0x2 COR Paulista
15/02/09 SAO 1×1 COR Paulista
27/01/08 SAO 0x0 COR Paulista
07/10/07 SAO 0x1 COR Brasileirão
14/07/07 COR 1×1 SAO Brasileirão

Fonte: Lance

2 comentários em “Corinthians defende sete anos de invencibilidade no Morumbi

  1. Isso demonstra a incomP e T encia
    desses capos jj e aidar.
    Na’o precisamos dizer + nada.
    Ta ex P lici T ado.
    Bando de tudo q vier a mente …

  2. Que tal aproveitar a quebra de contrato do Corinthians em não pagar o Pato e devolver o dito cujo. No minimo vai causar confusão por lá, desviar a imprensa e etc…Com o salário dele poderíamos pagar dois jogadores de bom nível e que participassem do jogo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*