R. Ceni garante aposentadoria e diz que meta é deixar SP na Libertadores

Aos 41 anos, o goleiro e capitão do São Paulo, Rogério Ceni, foi o protagonista da vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio, neste sábado, em Porto Alegre, pelo Brasileirão. Após a partida, o veterano deixou o campo celebrando o resultado e garantiu que, apesar da boa atuação, irá mesmo se aposentar ao final desta temporada, em dezembro. Ele afirma que o objetivo é classificar o São Paulo para a Copa Libertadores de 2015.

“Vou parar, é o momento, vou para 42… Acho que a carga deresponsabilidade é muito grande. É um prazer, para mim,jogar. Falei para eles antes do jogo: “desfrutem”. Eu estou aproveitando, se a gente chegar à final da Sul-Americana são só mais 19 jogos com a camisa do São Paulo. Para quem jogou mais de mil, isso é muito pouco. Estou tentando sair da melhor maneira possível, tentando dar um título, deixar o São Paulo na Libertadores. São Paulo é um clube que para sobreviver financeiramente precisa estar nas grandes competições”, disse à TV Band.

O capitão celebrou a vitória, mas não falou em briga pelo título. Novamente, falou sobre o objetivo de levar o São Paulo à Libertadores de 2015.

“Representa bastante pelo fato da gente manter o Grêmio a três pontos da Libertadores. Eu apenas fiz o gol, mas o time jogou muito bem. Marcou muito, bem diferente do que foi contra o Fluminense. Jogou bem próximo, compacto e nas poucas oportunidades que teve fez o gol. Mérito é do pessoal de linha que correu muito. Eu só… alguém tem que bater”, falou.

“Eu só cumpri com a minha obrigação, não tem absolutamente nada de especial. É um gol que nos deixa ainda na briga por Libertadores também. Quando a gente joga no limite físico a gente consegue fazer jogo contra qualquer grande clube. Quando se perde a confiança, aí a gente não acredita que é possível”, acrescentou.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*