Por sequência, Hudson vira polivalente

Na importante vitória sobre o Grêmio por 1 a 0 no último final de semana, em Porto Alegre, o volante Hudson foi improvisado na lateral direita, suou a camisa para brecar o rápido ataque gaúcho e deixou o campo com a sensação do dever cumprido. E após a bela exibição, o camisa 25 vive a expectativa de acumular a sua primeira sequência como titular da equipe.

Com alguns problemas para escalar o time defensivamente, o técnico Muricy Ramalho – que está de volta após se recuperar de uma arritmia cardíaca – poderá apostar no marcador. Souza (convocado pela Seleção Brasileira), Alvaro Pereira (convocado para a Seleção Uruguaia) Edson Silva (suspenso pelo terceiro cartão amarelo) e Reinaldo (suspenso pelo terceiro cartão amarelo) não estão à disposição.

Dessa forma, com a volta do volante Denilson – cumpriu suspensão automática na última rodada -, Hudson poderá ser novamente utilizado na lateral. Ciente da importância de poder desempenhar mais de uma função em campo, como o polivalente Michel Bastos que constantemente é elogiado pelo treinador, Hudson quer repetir a dose.

“Apesar das circunstâncias do jogo, pude desempenhar bem o meu papel. O Milton pediu que eu ficasse mais atrás e, assim, desse mais liberdade para o Michel Bastos. Felizmente o time foi bem e também consegui ajudar. Posso dizer que a postura da equipe foi perfeita, porque se empenhou bastante”, avaliou o atleta, que não teve vida fácil para neutralizar o veloz e habilidoso Dudu.

“A postura do time me ajudou muito também. Mesmo jogando na lateral, acredito que foi uma ótima oportunidade para mais uma vez poder mostrar o meu futebol. O Campeonato Brasileiro é longo e surgirão outras chances. Por isso, é sempre importante entrar bem e ficar preparado. Seja na lateral ou no meio de campo, estou à disposição, como tem acontecido com o Michel Bastos”, acrescentou.

Vale lembrar que o jovem Auro, uma das alternativas para o setor, é dúvida para o confronto já que sente dores na perna direita. Caso seja escalado, Hudson ainda tem a possibilidade de ser utilizado no meio de campo, ao lado de Denilson, Maicon e Paulo Henrique Ganso, na vaga dos convocados Souza e Kaká.

Curiosamente, nos dois jogos em que foi titular na competição nacional até aqui Hudson encarou grandes adversários. Além dos gremistas, o camisa 25 estava em campo no triunfo sobre o Internacional (1 x 0). Assim como no duelo na Arena Grêmio, o volante deixou o gramado elogiado pelos companheiros e comissão técnica contra o Inter.

“Por mais que não seja uma situação confortável, porque são rivais difíceis, foi bom pra mim. Para muitos, talvez, não tivesse sido a situação ideal para ser titular, até pela dificuldade do jogo, mas encarei da melhor maneira possível e tudo correu bem. Por isso, fico muito feliz de ter correspondido positivamente”, finalizou.

Na próxima rodada do torneio nacional, desta vez no Morumbi, o São Paulo tentará confirmar a sua nova reação. Na quarta-feira (8), diante de sua torcida, o time receberá o Atlético-PR, às 19h30 (de Brasília). Vale lembrar que Denilson e Luis Fabiano, que cumpriram suspensão automática em Porto Alegre, estarão de volta.

 

 

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*