Por foco no San Lorenzo, elenco são-paulino deixa atrasos de lado

Uma semana depois do primeiro prazo passado pela diretoria do São Paulo para quitar os débitos financeiros com o elenco, o assunto segue em pauta no clube. Enquanto alguns jogadores juram ter tudo em dia, outros indicam que ainda há atrasos.

“Prefiro nem tocar nesse assunto, a diretoria já disse que está resolvendo tudo. Temos jogo muito importante para pensar nesse assunto”, desconversou Paulo Henrique Ganso, nesta terça-feira (véspera do duelo contra o San Lorenzo), mas dando a entender que nem todas as dívidas foram saldadas.

Na segunda-feira à noite, o volante Souza foi mais direto. “Eles estão pagando o resto do pessoal nesta semana. Pagaram os dois salários que faltavam, a premiação da (classificação para a) Libertadores, e disseram que até semana que vem no máximo vão pagar o terceiro mês que faltava para alguns jogadores”, falou ao Sportv.

O tema rende contradições. Na semana passada, o presidente do clube, Carlos Miguel Aidar, admitiu que ainda não havia resolvido o problema que chamou de “atraso pontual”. Já o vice-presidente de administração e finanças, Osvaldo de Vieira de Abreu, considerava o assunto resolvido desde já, pelo fato de ter levantado os recursos suficientes.

“Estamos pagando aos poucos, conforme vão sendo apresentadas as notas fiscais eletrônicas dos jogadores. O importante são os recursos, que já levantamos. Por isso, considero tudo certo”, alegou o dirigente, em contato com a reportagem.

Apesar do atraso – referente principalmente aos direitos de imagem –, o elenco realmente tem buscado trabalhar normalmente. Na segunda-feira, o zagueiro Edson Silva chegou a dizer que tudo estava normalizado. Não é a primeira vez, entretanto, que ocorre essa situação. No ano passado, a diretoria já havia atrasado o pagamento, mas quitou todos os débitos até dezembro, mesmo fechando o ano no vermelho.

Recentemente, porém, Muricy Ramalho sugeriu mais transparência no assunto. “As coisas têm que ser esclarecidas, porque é melhor. Ninguém aqui está cobrando nada, mas é bom esclarecer as coisas, senão fica uma coisa que um fala lá, o outro fala aqui”, disse o comandante do elenco que, nesta quarta-feira, recebe o San Lorenzo, pela Copa Libertadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*