Pedido de Muricy por Lugano causa mal-estar e coloca direção na parede

Enquanto a torcida vibrou, a diretoria do São Paulo não entendeu muito bem as declarações do técnico Muricy Ramalho manifestando o interesse na contratação do zagueiro Diego Lugano. O presidente Carlos Miguel Aidar e o vice Ataíde Gil Guerreiro já davam o assunto por encerrado e não queriam o retorno do ídolo uruguaio. Agora, com a responsabilidade nas mãos, estão pressionados a resolver o problema.

Muricy Ramalho, Carlos Miguel Aidar e Ataíde Gil Guerreiro (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)Muricy , Aidar e Ataíde conversam com jogadores nos vestiários do Morumbi (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

 

 

– O Lugano não estava nos nossos planos. Nós tínhamos nos posicionado contrários à contratação. Mas vou conversar com o Muricy e ver o que ele pensa sobre isso – afirmou Guerreiro.

A atitude do treinador, minutos depois da vitória sobre o Grêmio, no Morumbi, colocou os dirigentes na parede. Se continuarem descartando Lugano, baterão de frente com a torcida, ávida pela volta do defensor. No último sábado, a principal organizada ligada o Tricolor, em atrito com Aidar em virtude do corte de algumas regalias, protestou em frente ao estádio exigindo a contratação de Lugano.

Por outro lado, se aceitarem, mostrarão publicamente que os desejos do treinador estão acima de qualquer planejamento elaborado pela direção. Assim que o zagueiro uruguaio rescindiu com o West Bromwich, da Inglaterra, os dois principais dirigentes são-paulinos descartaram o acerto por querem a vinda de um defensor mais jovem.

Depois de ser eleito para o cargo de Juvenal Juvêncio, Carlos Miguel Aidar deu plenos poderes para Muricy comandar o futebol. O treinador passou a ser um “manager” para decidir quais jogadores serão contratados e até quem deixará o clube por não estar agradando – caso do volante Wellington, fora dos planos dele e agora emprestado por uma temporada ao Internacional.

Diego Lugano Uruguai (Foto: Getty Images)Diego Lugano deve disputar a Copa do Mundo sem clube (Foto: Getty Images)

Conselheiros do São Paulo próximos aos dirigentes acreditam que nem mesmo Muricy tem convicção de que Lugano, aos 33 anos, será um bom reforço para o elenco. Eles entendem que o treinador disse que gostaria de contar com o campeão do mundo e da Libertadores em 2005 para não ficar em um clima ruim com a torcida que tanto o apoia.

Lugano deixou o clube inglês há quase duas semanas e ainda não tem um futuro. O jogador provavelmente disputará a Copa do Mundo sem clube. A amigos, o zagueiro confidenciou que não atuará por outra equipe brasileira que não seja o São Paulo. Mesmo assim, ainda pensa em seguir na Europa, sobretudo se tiver ofertas da Alemanha, país que gostaria de morar.

A chegada de um zagueiro é considerada prioridade no São Paulo. Muricy não está contente com o setor e quer um outro jogador para atuar ao lado de Antônio Carlos. Ele ainda não sabe se poderá contar com Rafael Toloi, emprestado ao Roma até o fim de junho. O clube italiano cogita comprar os direitos dele, avaliados em € 5,5 milhões (R$ 16,6 milhões).

Fonte: Globo Esporte

3 comentários em “Pedido de Muricy por Lugano causa mal-estar e coloca direção na parede

  1. Bem feito para o Aidar!
    O peixe morre pela boca. Fez crescer muito o Murici e agora fica à mercê da vontade dele. Como o Murici é especialista em jogar para a “galera”, tratou logo de colocar a diretoria contra a parede, mesmo sabendo que o passado recente do Lugano não o recomenda. Deveria, pelo menos, ter observado que, no caso do Lugano jogar bem na Copa, poderiam fazer a tentativa de contrata-lo.
    É a cobra mordendo o criador . . .

    • Meu amigo prefiro Lugano com 33 anos do que Paulo Miranda Edson Silva Antonio Carlos com 20( sei que eles não tem essa idade e devem estar proximos da idade do Lugano) São ridiculos perto do lugano, sem contar que ele seria o nosso novo lider dentro de campo na proxima temporada com a aposentadoria do M1to.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*