‘Parça’ de Lucas, Ademilson fica sem férias e ganha chance de ser titular

O meia-atacante Lucas deixou o São Paulo com o título da Sul-Americana, uma vaga na Libertadores e ainda passou o bastão para um jovem com similaridades a ele. Com aparência parecida com a do ex-atleta, o atacante Ademilson quer fazer jus aos elogios.

Habituado a jogar mais centralizado, o camisa 11 do Tricolor vem de uma maratona de treinos e jogos sem descanso. Após a final da Sul-Americana, se apresentou à Seleção sub-20 que disputou o Sul-Americano na Argentina. De lá para cá, ainda não teve férias e ficou fora da pré-temporada do clube este ano.

– Estava servindo a Seleção do meu país, o que sempre vai ser uma honra. Se for para ficar sem férias por estar na Seleção, eu fico sem férias a vida toda (risos) – disse o atacante, em entrevista ao LANCE!Net.

Mesmo sem a preparação com o grupo, o jovem, que cresceu em São Vicente, cidade litorânea de São Paulo, e carrega traços do modo de vida dos conterrâneos, quer aproveitar as oportunidades. Feliz com as comparações, quer escrever a história semelhante a de Lucas, mas com a ‘sua tinta e o seu papel’.

– O Lucas é o Lucas e o Ademilson é o Ademilson. Ele joga mais na ponta, bem aberto. Eu já atuou mais centralizado. Talvez algo que seja mais parecido é o fato de sermos dois jogadores que jogam para frente e buscam o gol – declarou.

Autor de quatro gols em 32 jogos na temporada passada, o atacante de 1,76m brincalhão, que  também sofre com pegadinhas dos rivais, quer iniciar 2013 com o pé direito.

Bate-Bola
Ademilson

Como é essa sua amizade com Lucas. Sempre vocês brincam pelas redes sociais, presencialmente…
Tenho uma amizade muito boa com ele. O Lucas é muito brincalhão, gosta de fazer palhaçada, assim como eu quando estou entre os amigos. A diferença é que ele é muito feio! (risos). Falo muito com ele por mensagem e ele sempre me dá conselhos, tenta me ajudar.

Você é brincalhão, mas e o lance no sub-20, em que o equatoriano fez uma pegadinha durante o jogo?
Pô, nem me fala! (risos). O equatoriano brincou comigo na hora errada, bem quando a câmera estava em mim. Que azar! Mas pior do que isso foi chegar aqui e o pessoal encher meu saco… estão me zoando até hoje! (risos). Mas levo na esportiva. Caí direitinho mesmo. Nunca ia imaginar que o cara ia fazer palhaçada naquela hora. Mas tudo bem… vai ter volta. (risos)

No sub-20, a Seleção foi eliminada precocemente. O que você acha que deu errado lá ?
Acho que foi uma situação daquelas que não tem muito o que explicar. Infelizmente o elenco que era de muita qualidade não conseguiu ir bem dentro de campo. Foi uma situação chata para todos nós sermos eliminados ainda na primeira fase, mas são coisas que acontecem no futebol.

Depois desse tempo fora do São Paulo, está ansioso para voltar a vestir a camisa do seu clube?
Eu estou com muita vontade de participar de todas as competições do ano. Sempre que o professor Ney Franco precisar, estarei lá disposto a ajudar os companheiros.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*