A hora para Cañete

O torcedor são-paulino que ir ao Morumbi na tarde deste sábado não irá ver Rogério Ceni, Lúcio, Jadson, Luis Fabiano…em campo. O técnico Ney Franco poupará os principais jogadores na partida contra o Atlético Sorocaba, pelo Campeonato Paulista. Mas, eles poderão ver em ação um atleta em que apostam muito.

Após um ano e meio no Tricolor, o meia Cañete será titular pela primeira vez. O início do argentino no clube não foi fácil. Em 2011, ele disputou apenas dois jogos e passou por uma cirurgia no joelho direito. Após uma delicada recuperação, o camisa 20 voltou no fim de 2012 e fez mais duas partidas no Campeonato Brasileiro.

No entanto, isso parece ter ficado no passado e 2013 começou muito bem para o jogador. Cañete está totalmente recuperado e vem recebendo constantes elogios da comissão técnica. Nas partidas contra o Mirassol (Paulista) e Bolivar-BOL (Libertadores), ele entrou no segundo tempo e mostrou estar pronto para brigar por um espaço na equipe.

“Fico feliz por essa chance entre os titulares, ainda mais sendo no Morumbi. Depois de muito tempo vou poder começar uma partida. O time está muito bem, com muitos jogadores de qualidade, mas o ano começou agora e tem tempo para mostrar que posso estar na equipe principal”, disse Cañete.

Contra o Mirassol, na estreia do time no Paulista, Cañete por pouco não fez o primeiro gol pelo São Paulo. O argentino roubou a bola do adversário, invadiu a área e chutou na trave. Com tanto empenho e dedicação durante os treinamentos e jogos, logo esse gol sairá. Momento que o atleta certamente irá vibrar bastante.

“Ainda não pensei como será essa minha comemoração. Primeiro espero que eu possa fazer um gol. Vou pensar com carinho na comemoração quando isso acontecer. O importante agora é ajudar o São Paulo a conquistar mais três pontos no Campeonato Paulista”, completou o meia são-paulino.

O jogador sempre foi cercado de expectativa no Tricolor. A torcida sempre quis vê-lo em campo e a diretoria aposta muito no seu futebol. Nesta tarde de sábado, Cañete poderá mostrar a todos o motivo de sua vinda para o Brasil. Motivação não falta para o argentino do São Paulo.

Mais mudanças

Além da entrada de Cañete, Ney Franco promoverá a entrada de mais 10 jogadores na equipe titular. Em relação ao time que enfrentou o Bolivar-BOL, na última quarta-feira, pela Libertadores, apenas Aloísio não será poupado. Na linha de frente, além de Aloísio e Cañete, PH Ganso e Ademilson serão escalados.

“Eu queria jogar, mas estava com um pouco de vergonha para pedir para o Ney, mas não falei nada. Ele me chamou antes do treino, perguntou se queria, disse “claro que sim” (risos). É que eu acabei de chegar e estava com vergonha de pedir”, disse Aloísio.

Depois de dois jogos, o Tricolor ainda está invicto na temporada. Na estreia, vitória sobre o Mirassol por 2 a 0, com gols de Luis Fabiano e Jadson. Já contra o Bolivar, Fabuloso, duas vezes, Osvaldo, Jadson e Rogério Ceni marcaram na goleada por 5 a 0.

SÃO PAULO X ATLÉTICO SOROCABA

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data/hora: 26/01/2013, às 17h (horário de Brasília)
Árbitro: Aurélio Santanna Martins
Auxiliares: Marco Antonio Gonzaga da Silva e David Botelho Barbosa

SÃO PAULO: Denis; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Edson Silva e Carleto; Casemiro, Maicon e Ganso; Aloísio, Cañete e Ademilson. Técnico: Ney Franco.

ATLÉTICO SOROCABA: Moretto; Fábio Sanches, César, Tom e Edson Sittá; Da Silva, Gilberto Santos; Gerson (Helton Luiz) e Willian Simões; Thiago Marques (Bruninho) e Rogélio Balotelli.Técnico: Estevam Soares.

 

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*