Para ter torcida maior, São Paulo cria preço especial para povão e dá ingressos a mulheres

A média de público da torcida são-paulina no Morumbi, que era muito baixa no começo do Nacional, está crescendo. No último jogo contra o Sport, o São Paulo ofereceu ingressos a até R$ 5 para seus torcedores menos abastados. O valor é correspondente à meia-entrada do bilhete mais barato. Agora, a diretoria se mostra preocupada com o sexo dos frequentadores do estádio.

Um projeto novo no clube pretende permitir a entrada gratuita de mulheres a um setor que está sendo reformado. A única condição é que a agraciada esteja acompanhada por outra pessoa – um homem ou outra mulher – que pagará apenas o seu ingresso.

O bilhete para esse setor, que fica na parte baixa da arquibancada atrás de um dos gols, custará R$ 60. Quem comprar, terá direito a outra entrada, só para mulheres: mãe, tia, filha, avó, amiga, namorada, esposa. O ingresso terá uma cor especial para diferenciá-lo dos demais.

Segundo o diretor que cuida da administração do Morumbi, o bilhete para mulheres deve ser implantado em dois meses, prazo para a alocação das cadeiras nesse setor especial. A área tem capacidade para 5 mil torcedores.

“Queremos mudar atitude do torcedor”, afirma Roberto Natel, cartola responsável pelo Morumbi. “Nossa visão veio depois que observamos as pessoas indo a shows no Morumbi para curtir, sem violência. Se você vai ao estádio com uma amiga, com sua filha, com a mãe, com a esposa, você não vai para brigar”, diz o cartola.

Segundo Natel, o presidente Juvenal Juvêncio é o principal entusiasta de sugestões para aumentar o público dos jogos no Morumbi. “Apresentamos as ideias, e ele não pensou duas vezes antes de aprovar.”

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*