O Tricolornaweb não esquece e cobra

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, nós continuamos esperando as decisões de temas importantes, que envolvem usurpação de dinheiro do clube. No último dia 02 de maio, uma segunda-feira, apresentei pedido de expulsão de Carlos Miguel Aidar do clube, já que ele foi excluído apenas do Conselho, ao presidente Carlos Augusto de Barros e Silva. Dez dias se passaram e até agora ele não deu provimento ao pleito, que deveria ter sido encaminhado à Comissão Disciplinar.

Outro fator que me está intrigando é o caso Jack/Far East. A empresa, que teria intermediado o contrato entre o São Paulo e a Under Armour, é uma off shore, de propriedade de Jack Banafsheha, que tem como representante na área têxtil (Zanetti) no Brasil o ex-vice-presidente de Comunicação e Marketing do São Paulo, Douglas Schwartzmann.

zanetti

Na época falávamos que o contrato, da maneira como foi feita, não era ilegal, mas imoral. E teve as assinaturas de Leonardo Serafim Dos Anjos, Osvaldo Vieira de Abreu, Douglas Schwarztmann, Julio Casares e o nefasto Carlos Miguel Aidar. O Jack teria direito a R$ 18 milhões de comissão. Curiosamente, depois do Conselho ter rejeitado o pagamento da comissão e Carlos Miguel Aidar ter renunciado, ele abriu mão desta comissão.

Segundo Marcelo Pupo, presidente do Conselho Deliberativo, com quem conversei hoje pela manhã, nos depoimentos que deram à Comissão Disciplinar, Carlos Miguel Aidar e Ataide Gil Guerreiro desmentiram o que tinham dito: que Douglas recebia comissão em tudo. Carlos Miguel, que chegou a dizer na gravação feita por Ataide, que “o Jack é o Douglas”, disse no depoimento que falou em tom de brincadeira.

De acordo com Marcelo Pupo, nesse momento não há como provar qualquer envolvimento dos cinco em questão em crimes contra o clube, pois, apesar das evidências, não há elementos que possam se constituir em provas.

Eu, de minha parte, continuo inconformado com essa “falta de provas” e vou manter minhas buscas para, já que quem seria responsável por essa apuração não consegue, obter as tais provas.

Vale dizer que a Under Armour, que poderia elucidar os fatos, se calou e se nega a conversar comigo e, segundo o presidente do Conselho Deliberativo, também com os conselheiros. Alega que não comenta negócios da empresa e a forma de fazê-lo.

 

Paulo Pontes

7 comentários em “O Tricolornaweb não esquece e cobra

  1. Enquanto essa velharada não morrer tudo de velhos, o SPFC continuará sendo um.clube ultrapassado, não por causa da idade deles, e sim pela mentalidade retrograda que ainda contamina os mais jovens.

    Absurdo ninguém saber quem é esse Jack, como pode um cara assinar um.contrato de comissionamento, não receber nada e ficar quieto?

    Só trouxa pra acreditar nessa história!

  2. Paulo
    Voce que continua cobrando toda a verdade é acho que é o mínimo para nos sócios a VERDADE doa quem doer me ajude no que tenho cobrado
    Tínhamos um plano para atualização do Morumbi que só nos traria benefício
    Entre eles o estacionamento mesmo em dia de jogos para os SÓCIOS
    Além da cobertura do estádio arena para shows que iria concorrer com o Palmeiras teríamos um aporte financeira que provavelmente pagaria a nossa dívida
    o custo do SP mais cinco anos de exploração do estacionamento
    O São Paulo não teria custo nenhum 2 anos o estádio estaria quase ou pronto
    A oposição não comparecia para votar e PERDEMOS
    Quem estava no comando de tudo está Hoje no comando
    Quem saiu prejudicado foi o São Paulo FC
    As Desculpas do não comparecimento foi os mandatos do JJ ?
    Cabe qualquer cobrança por parte do SP dos conselheiros que não se apresentaram já que a instituição foi a mais prejudicada (juros de 70 ml uma barbaridade )
    E como você tem feito escancarar tudo para o sócio saber e nunca mais votar neles
    Agradeço sua atenção e empenho em melhorar sempre o São Paulo FC

  3. Caro Paulo
    Vou repetir o que venho dizendo há quase 1 ano. “NÃO PRECISAMOS DE PROVAS”. o fato JÁ ACONTECEU é público e notório.
    Houve uma TENTATIVA DE SE PAGAR COMISSÃO para alguém, COMISSÃO ESTA ABSOLUTAMENTE DESNECESSÁRIA.

    PONTO FINAL.

  4. Paulo Pontes querido pode cobrar pois a pizza não está sendo assada já foi comida tanto que é que o Serafim foi convidado para ir a o México e foi. Se ele fosse sofrer alguma sanção ele teria sido convidado para o voo da alegria??

  5. As expulsões foram somente para acalmar os críticos mais ferozes por parte da diretoria e conselho, ou realmente uma mudança de mentalidade?

    Resta a duvida.

  6. Há provas sim para punir o Douglas “Jack”.
    No mínimo existe evidente conflito de interesses, em prejuízo do Clube, no fato de, na época, ele ser o responsável pelo Marketing e ao mesmo tempo representante da empresa que se dizia intermediária do negócio.
    Mas, a maior prova da maracutaia é que o “Jack”, inexplicavelmente abriu mão de cobrar R$ 18000000,00. Isso em qualquer lugar é indício suficiente de que houve uma tentativa de lesar os cofres do clube, o que corroborado pela confissão do Aidar na gravação deveria render uma punição exemplar ao Douglas “Jack”.
    Muito bem, Paulo Pontes.
    Os associados devem se mobilizar para expulsar o Aidar do clube.
    Ou é possível um sujeito que confessadamente lesou o clube permanecer no quadro associativo, enquanto os sócios pagam suas mensalidades?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.