Notas dos jogadores – São Paulo x Bragantino

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, hoje o meu amigo Eduardo Gaggini, competente jornalista e são-paulino como nós, está sendo responsável pelas Notas dos Jogadores, o Sobe e Desce e o comentário do jogo São Paulo e Bragantino. Ele também fará as minhas férias entre 02 e 17 de março, quando estarei ausente do País. Conto com a já rotineira colaboração de todos com nosso companheiro.

Paulo Pontes

Denis – Um mero espectador. Fez apenas uma boa defesa durante todo o jogo – 6

Thiago Mendes – Boa partida na ala direita tanto ofensiva quanto defensivamente – 7

Lucão – Beneficiado pela ineficiência do ataque do Bragantino, foi seguro do começo ao fim da partida. Salvou chance clara de gol no primeiro tempo. – 7

Doria – Primeiros minutos um pouco inseguro, mas se acertou e fez uma bela estreia – 7

Edson Silva – Não comprometeu, mas demonstra dificuldades em dar combate em um esquema com três zagueiros – 6

Hudson – Dedicado, mas está muito atrás dos volantes titulares. Precisa tomar menos cartões amarelos ainda no primeiro tempo – 6

Maicon – Primeiro tempo muito bom, assumindo o meio de campo – 7,5

Boschilia – Principal jogado pelo lado esquerdo, foi muito bem, marcando dois gols – 8,5

Centurion – Uma assistência, um gol e dedicação durante todo o jogo, pilhando os adversários. Grande estreia – 8,5

Alan Kardec – Deixou o seu gol, dedicou-se ao time como sempre e fez boa partida – 7,5

Alexandre Pato – Um gol e uma assistência. Bom jogo – 7,5

Souza – Entrou com o jogo resolvido e com a equipe relaxada. Cumpriu seu papel – 6,5

Ademilson – Também entrou com o placar decidido. Não acrescentou – 5,5

Cafu – Pouco tempo, mas ainda conseguiu dar o passe para o gol de Centurión – 6,5

Muricy Ramalho – Sistema de três zagueiros funcionou bem, com um time que conseguiu envolver o Bragantino, com troca de passes rápidos – 8

 

Eduardo Gaggini

2 comentários em “Notas dos jogadores – São Paulo x Bragantino

  1. Respeito a opinião, mas o Hudson e muito mais jogador que o Denilson. O amarelo foi injusto porque nem falta foi. Ao contrário do titular o Hudson marca forte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*