Notas dos jogadores

Denis: duas grandes defesas e sem culpa no gol. 7

Caramelo: regular. 6

Lugano: foi bem seguro. 6,5

Lucão: apesar do gol ter sido em cima dele, não pode ser crucificado por isso. 6

Mena: sentiu o cansaço. 4

Wesley: razoável. 5

Thiago Mendes: mostrou-se para o jogo o tempo todo, mas não construiu uma única jogada. 5

Lucas Fernandes: dentro das possibilidades, fez uma partida razoável. 6

Centurion: teve 15 minutos de ótimo futebol, mas depois voltou a ser o que era e errou quase tudo. 5

Kardec: horrível. Perdeu três gols, sendo que um foi impressionante, e não teve a mobilidade necessária para um centro-avante. 4

Daniel: vinha cumprindo boa função tática. 5

Michel Bastos: entrou, isolou uma bola e perdeu a bola que originou o gol. 2

Bruno: razoável. 5

Rogério: tentou alguma coisa, mas está longe de ser aquele jogador que esperávamos e que vimos ano passado. 5

Edgardo Bauza: manteve seu esquema e fez bem em poupar alguns jogadores. 5

 

Paulo Pontes

7 comentários em “Notas dos jogadores

  1. A culpa do gol definitivamente não foi do Denis.

    O gol foi em cima do Lucão, através do buraco na lateral também. Não quero culpar o Lucão por esse gol, mas acho que o Lucão não tem nível técnico para jogar no SPFC, embora ele seja jovem e possa fazer algumas partidas boas para nos provar o contrário. Não devemos duvidar de nenhum ser humano em evolução.

    A real é que o time, mesmo que misto, tinha a obrigação de bater um time como o São Bento. E mesmo o time misto, tinha que ser bem armado.

    Particularmente, acredito no trabalho do Bauza, mas a falta de futebol do time e as derrotas ou empates para times muito inferiores faz com que volta e meia eu me questione pq esse time não tem um repertório mais amplo de jogadas ofensivas com a bola rolando.

    Perdi a esperança que algumas peças possam render algo a mais no SPFC , que já tiveram várias chances e até agora, não corresponderam. Bruno, Wesley e Centurión são três exemplos de que devemos dar oportunidades para a garotada da base.

    Espero que o Alan Kardec recupere a mobilidade e a confiança com a bola nos pés e assim, justifique sua permanência.

    Quanto ao Centurión, entendo que a diretoria queira a todo custo recuperar o jogador e o investimento que fez nele, mas acho que a cada partida tecnicamente bizarra dele, mais se desvaloriza. Ele precisa de uma atenção aos fundamentos básicos do futebol, como domínio de bola, jogar de cabeça erguida, aprender a chutar no gol.. é um jogador realmente muito deficiente.

    Mas enfim… todos esses ainda têm chances de provar que jogam o bastante para permanecer no SPFC. Acredito que todos eles, em algum momento, mostraram potencial o bastante para chegar a jogar em um clube dessa dimensão… e precisam reencontrar isso. Não acredito mais nessas peças e espero que eles me provem o contrário…até por terem condições para isso. Acredito que ninguém desaprende a jogar bola…e espero não deixar de acreditar nisso tão cedo.

    Abraço a todos os amigos do Tricolornaweb!

  2. Acho que Mena, Lucão e Denis falharam no gol. Cassio e Prass não tomavam esse gol. Rodrigo Caio e Maicon teriam se antecipado. E Mena pode falhar porque é um jogador feijão com arroz, que se dedica ao máximo em todos os lances.
    Michel Bastos precisa ser poupado até a poeira baixar. Como fizeram com Lucão. Ele tem mais bola do que vem jogando. Depois vai para um adversário e ganha da gente, como Jean, Jadson, Cicero, Arouca… (Aliás, bom meio de campo).

  3. notas do jogo 3.5

    o beto ja falou e vai falar de novo .

    bauza feche o meio campo ,volantes só vão para o lado do campo para cobrir lateral
    lugar de volante é no centro do campo e só soube um de cada vez e não os dois ao mesmo tempo .

    todas as pesquisas 95% do povo brasileiro quer eleições já

    pra sempre soberano

  4. Com todo respeito…

    Mas colocar na conta do Michel Bastos o gol é ter uma imaginação impar, isso é um absurdo sem tamanho!!!!

    O Michel não jogou absolutamente nada, mas culpar ele de ter tomado esse gol é demais…

    O Mena parde a jogada e para, o atacante fica cara a cara com o Lucão ai ficou fácil….

    Torcedores…

    • Clerison, reveja o lance. O Michel recebe a bola, mata no peito e perde. O Mena, fato, para na jogada e sobra para o Lucão. Mas a bola era do São Paulo e quem matou no peito como craque e deixou a bola para o adversário foi o Michel Bastos.

  5. Miguelito… sempre ele participando do gol do adversário. Aí a torcida pega no “pé dele” e ele fica bravo. Mas cá para nós, ganhando o que ganha, com a fama de ser jogador internacional, ele tinha que jogar muito mais. Quanto ao outro reclamão: Alan Kardec, sua atuação foi lamentável. Calleri é 10 vezes melhor que ele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*