Mistão do São Paulo perde do São Bento e fica sem liderança do Grupo C

O time reserva do São Paulo não teve competência para concluir as chances criadas no ataque e perdeu por 1 a 0 para o São Bento, nesse domingo, no estádio Walter Ribeiro, pela última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista. O lateral Régis, aos 10 minutos do segundo tempo, anotou o golaço que deu a vitória à equipe do interior e encerrou uma sequência de sete jogos de invencibilidade do Tricolor.

Com o resultado, o São Paulo terminou a primeira fase do Paulista na segunda posição do Grupo C, com 22 pontos. O primeiro colocado da chave foi o Grêmio Osasco Audax, que perdeu do Santos por 2 a 1 nesse domingo e ficou com 24 pontos. O Tricolor, agora, voltará as atenções para o duelo decisivo dessa quarta-feira, contra o River Plate, no estádio do Morumbi. A equipe de Edgardo Bauza precisa vencer o rival argentino para continuar sonhando com a classificação às oitavas de final da Copa Libertadores.

Já o próximo compromisso do São Paulo no Paulistão será válido pelas quartas de final. A disputa, decidida em jogo único, será contra o Grêmio Osasco Audax, no domingo. Por não ter conseguido tirar o rival de Osasco da ponta do Grupo C, o Tricolor jogará como visitante nessa partida. Há, no entanto, a possibilidade de o Audax vender o mando de campo para o estádio do Pacaembu ou para o Morumbi. O meia Lucas Fernandes, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, será desfalque no duelo.

O São Bento, que não perdeu para nenhum dos três times grandes de São Paulo na primeira fase do Estadual, enfrentará o Santos na próxima fase do Estadual. A equipe do interior foi a vice-líder do Grupo A, com 27 pontos.

O Jogo – A chuva que atingiu a cidade de Sorocaba nesse domingo prejudicou o campo do estádio Walter Ribeiro. Mas as poças d’água não prejudicaram o estilo de jogo do São Paulo. Logo no primeiro minuto, Centurión puxou o ataque pela direita e tocou para Caramelo na lateral. O jogador cruzou rasteiro e Alan Kardec chutou para fora, na frente do goleiro Henal. Quatro minutos depois, Lucas Fernandes arriscou um chute cruzado e mandou nas mãos do arqueiro do São Bento.

Centurión, que fez um bom primeiro tempo, voltou a aparecer aos oito minutos. Ele lançou para a entrada da área e Alan Kardec, de primeira, chutou em cima de Henal. Aos 14, Centurión fez um cruzamento na medida e Alan Kardec cabeceou por cima do gol. Lucas Fernandes, aos 17, voltou a finalizar da entrada da área, mas o tiro saiu fraco e não deu trabalho para Henal. O goleiro do São Bento trabalhou mais uma vez aos 24 minutos, ao se esticar para espalmar chute cruzado de Alan Kardec.

Em meio à superioridade são-paulina, o técnico Edgardo Bauza sofreu uma baixa por contusão. Daniel sentiu dores no joelho e foi substituído por Michel Bastos. O Tricolor teve outra chance aos 34, em cabeçada de Lugano, mas a bola foi direto para fora. Já o São Bento, prejudicado pela lentidão da dupla ofensiva Anderson Cavalo e Edno, não criou nenhuma chance que assustasse o goleiro Denis no primeiro tempo.

O cenário mudou após o intervalo. Edno, aos cinco minutos, finalizou com força de fora da área e obrigou Denis a saltar para espalmar. Aos 10, contudo, o capitão do Tricolor não pôde fazer nada para evitar o gol. O lateral direito Régis ganhou no corpo de Mena, limpou o zagueiro Lucão da jogada e tocou por cima do goleiro são-paulino para colocar o São Bento na frente.

O São Paulo, que precisava da vitória, apresentou sérias dificuldades técnicas no segundo tempo pouco ameaçou o goleiro Henal. Assim como nos 45 minutos iniciais, pesou contra a atuação tricolor o desempenho abaixo da média de Alan Kardec, que cometeu erros todas as vezes em que foi acionado no campo de ataque. Centurión e Rogério, com chutes perigosos nos acréscimos, foram os responsáveis pelas melhores chances do time na etapa complementar.

FICHA TÉCNICA
SÃO BENTO 1 X 0 SÃO PAULO

Local: Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP)
Data: 10 de abril de 2016, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
Auxiliares: Paulo de Souza Amaral e Diogo Correia dos Santos (ambos de SP)
Público: 7.681 pagantes
Renda: R$ 404.720,00
Cartões amarelos: Pitty e Rennan Oliveira (São Bento); Lucas Fernandes, Lucão, Thiago Mendes e Michel Bastos (São Paulo)

GOL:
SÃO BENTO: Régis, aos 10 minutos do segundo tempo

SÃO BENTO: Henal; Régis, Pitty, João Paulo e Marcelo Cordeiro; Fábio Bahia, Alê (Hygor), Serginho Catarinense e Rennan Oliveira (Everton Sena); Anderson Cavalo (Rodriguinho) e Edno
Técnico: Paulo Roberto Santos

SÃO PAULO: Denis; Mateus Caramelo, Lugano, Lucão e Mena (Bruno); Thiago Mendes, Wesley, Centurión, Lucas Fernandes (Rogério) e Daniel (Michel Bastos); Alan Kardec
Técnico: Edgardo Bauza

Um comentário em “Mistão do São Paulo perde do São Bento e fica sem liderança do Grupo C

  1. Como reserva a maioria ou é titular ou ja foi titular. o problema que os jogadores que temos nao jogam sejam titulares ou reservas nao jogam nada.
    Iremos perder para o River quarta feira e adeus libertadores e perder para o poderoso Audax

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*