Ney retoma ‘caso Ronaldinho’ para defender Luis Fabiano no STJD

Não foi só Rogério Ceni que ficou indignado. Após a vitória por 2 a 0 do São Paulo, no Morumbi, nesta quinta-feira, pela 31ª rodada do Brasileiro, o goleiro criticou o Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) acerca do julgamento de Luis Fabiano, indiciado por conta de uma simulação no Choque-Rei e que vai ser julgado na próxima semana. O técnico Ney Franco, mais cauteloso, também reclamou e se espelhou ‘no caso Ronaldinho Gaúcho’ para endossar o argumento.

– Sinceramente, tenho que me ater mais às partes técnica e tática, mas fico um pouco receoso também. A gente teve o caso recente do Ronaldinho. A gente espera que ninguém extracampo, nada que saia do futebol, atrapalhe o desempenho de alguma equipe. As pessoas que estão vendo pela TV e acusando o jogador, em alguns momentos estão sem critério. Tem de tomar cuidado. Não gosto desse excesso. Toda rodada alguém vê um jogo e denuncia um jogador, como foi com Ronaldinho e agora com Luis Fabiano – declarou o treinador, que emendou um pedido.

– Espero bom senso de quem vai julgar. Ele não fez nada, não agrediu ninguém. A gente trabalhou tanto para acertar essa equipe, espero que nada extracampo nos atrapalhe – solicitou.

Ronaldinho Gaúcho ficou suspenso do jogo diante do Internacional, no Beira-Rio, por conta de um pé alto em Kleber, atleta do Grêmio. No lance, o juiz não advertiu o camisa 49 e o atacante do Tricolor também não reclamou. Contudo, após análises, o STJD deu punição de uma partida pela jogada.

Retomando outros casos, Ney se mostra ‘incomodado’ com os julgamentos na reta final do Brasileiro.

– Incomoda-me. Eu não vejo futebol como pessoas de fora, em gabinetes ou na TV, definindo a escalação de uma equipe. Acho que deveriam olhar todos os jogos, porque em todos os jogos você tem um lance mais ou menos igual àquele. Já vi durante todo o campeonato vários lances. Por que agora na reta final? Foi injusto o que aconteceu com Ronaldinho e, se acontecer com Luis Fabiano, vai ser muito injusto – completou Ney Franco.

Para a partida contra o Flamengo, neste domingo, às 16h, no Engenhão, pela 32ª rodada do Brasileiro, Luis Fabiano está liberado. O julgamento só será realizado na próxima semana. Caso seja punido, Fabuloso pode pegar de um a seis jogos de suspensão.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*