Ney Franco vive dilema e não garante utilizar reservas no BR

O técnico Ney Franco mostrou indecisão sobre escalar ou não um time reserva contra a Ponte Preta, no próximo domingo, pelo Brasileirão, para priorizar a semifinal da Copa Sul-Americana contra a Católica. A definição acontecerá apenas no sábado.

“Em relação ao jogo contra a Ponte, vamos chegar tarde amanhã [sexta]. No sábado pela manhã vamos fazer um levantamento. A prioridade é o jogo de quarta, mas também para priorizar a quarta é interessante jogar bem domingo”, explicou Ney Franco na coletiva após o empate por 1 a 1 contra a Universidad no Chile.

Garantido na Libertadores de 2013, o São Paulo ainda tem chances matemáticas de terminar o Brasileirão na segunda colocação, posição que lhe daria o privilégio de se classificar direto para a fase de grupos da competição intercontinental.

Mas o técnico Ney Franco e os jogadores não consideram essa possibilidade, porque o São Paulo está cinco pontos atrás do Grêmio, com apenas seis em disputa até o fim do Brasileirão. Por isso, a tendência é que alguns atletas sejam poupados no domingo.

O único desfalque certo do São Paulo para a partida é o do atacante Luis Fabiano, que está suspenso por ter recebido amarelo contra o Náutico. O zagueiro Rafael Toloi, sem estar na plenitude de suas condições físicas, pode ser poupado. Mas existe a chance de Ney Franco ir com o que tem de melhor para enfrentar a Ponte Preta.

“Já tem mudança da equipe com a ausência do Luis Fabiano, mas prefiro não antecipar essa escalação. Logicamente que a gente pretende entrar com uma equipe que tenha condição de fazer um bom jogo contra a Ponte”, explicou o treinador do São Paulo.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*