Nenê lamenta expulsão de Toró no empate contra o Bahia

O empate em 0 a 0 com o Bahia, na manhã deste domingo, frustrou a equipe do São Paulo. Com um a menos depois da expulsão de Toró, aos 27 do segundo tempo, o Tricolor não fez um bom jogo no Morumbi. O meia Nenê, que entrou durante a segunda etapa, lamentou o empate e disse que a desvantagem numérica fez a diferença.

Na saída de campo, o camisa 10 do São Paulo deu ênfase à diferença no número de jogadores como um dos fatores para o desempenho da equipe. Segundo o atleta, o comportamento do time depois do lance poderia ter sido melhor.

“Foi a maneira como o time se comportou depois da expulsão. A gente estava com um a menos e sempre corria atrasado, é normal. Mesmo com um a menos acho que a gente podia estar mais em cima e tentar fazer o gol”, disse aos canais Premiere.

Segundo Nenê, o São Paulo perdeu pontos neste domingo. É o segundo empate da equipe em casa pelo Campeonato Brasileiro, o que preocupa o torcedor são-paulino. O meia ainda avaliou como injusta a expulsão de Toró.

“Com certeza são dois pontos perdidos. Infelizmente aconteceu o lance (da expulsão), e eu acho que não merecia. Até o árbitro disse que foi acidental e totalmente involuntária. Acho que o amarelo estava de bom tamanho e isso atrapalhou muito o nosso time hoje”, finalizou.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.