Na lista de espera para a Copa, Alan Kardec já viveu drama pela Seleção

Em 2009, a Seleção Brasileira sub-20 sofreu traumática derrota nos pênaltis para Gana – após empate sem gols no tempo normal – na final do Mundial disputado no Egito. Cinco anos depois, metade daquele time se encontrou no São Paulo para tentar conduzir o clube ao título brasileiro graças à contratação de Alan Kardec.

Apresentado na última terça-feira como o homem de confiança do presidente Carlos Miguel Aidar para ser campeão no ano, o novo reforço era a referência do ataque canarinho no Mundial, marcou quatro gols, mas voltou do Egito muito abalado.

– Era um grupo unido, de qualidade. É um pesadelo carregamos. Se tivesse como passar uma borrachinha nas penalidades. Foi uma fatalidade. Eu prefiro pensar que realmente não era pra acontecer – disse Kardec ao LANCE! horas antes de ser confirmado na lista de espera da Seleção Brasileira para a disputa da Copa do Mundo.

No São Paulo, o ex-palmeirense encontrou o goleiro Renan Ribeiro, o lateral-direito Douglas, o meia Ganso e o volante Souza como representantes do grupo convocado em 2009 por Rogério Lourenço – emprestado à Roma-ITA, Rafael Toloi também pode voltar e se juntar aos colegas. A amizade, principalmente com Souza, com quem foi revelado no Vasco, foi decisiva para a chegada ao Tricolor e ajudará na adaptação ao clube.

– Vai ajudar bastante. Além de ótimo jogador, é um irmão que tenho. Nos conhecemos desde os 11 anos. Poder reencontrá-lo depois de cinco anos é muito importante. Aquele time tinha grandes jogadores de futuro. Quem ganha é o São Paulo – comemorou Souza, que perdeu um dos pênaltis da tragédia brasileira contra Gana.

Confiante na qualidade técnica de Alan Kardec, Douglas reforçou o discurso pelo rápido entrosamento, mas espera que a amizade criada no Egito há cinco anos possa ser coroada com título nesta temporada.

– Nosso grupo só tem a crescer por uma sequência no Brasileirão. É um cara excepcional de grupo. Só temos a ganhar e recebe-lo bem para a adaptação dele ser boa e rápida. temos uma amizade bastante sadia e só espero fortalecer cada vez mais para gente ganhar entrosamento dentro de campo. – projetou o lateral são-paulino.


Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*