Na “arquibancada”, Ceni aposta em solidez do SP e arrisca placar para semi

Eterno ídolo do São Paulo, Rogério Ceni participou nesta segunda-feira (04) de evento no Morumbi, às vésperas da semifinal da Libertadores entre o tricolor e o Atlético Nacional-COL. Abordado pela imprensa na saída do estádio, é claro, o ex-jogador teve de responder perguntas sobre a partida.

Ceni lamentou as ausências de Paulo Henrique Ganso e Kelvin, que não jogará por lesão. “São dois jogadores que vinham mt bem na competição”, avaliou, sem se esquecer que o argentino Centurión também não poderá entrar em campo, este suspenso.

“Mas o São Paulo tem um treinador [Edgardo Bauza] que sabe lidar com todos os jogadores e saberá montar a equipe. Ele tem um grupo bom, todo mundo gente boa, muito bacana”, prosseguiu. Os desfalques, afirma, a despeito de reduzirem as opções do clube, não deverão alterar o modelo de jogo. “O São Paulo é uma equipe sólida e que vai bem defensivamente. Só tem de lembrar que em casa é importante fazer gols”. 

E mais tarde acrescentou: “Uma pena o Cueva também não poder jogar, muito bom ele”. O reforço peruano já jogou na Libertadores pelo Toluca, do México, e por isso não está apto a defender o São Paulo.

Rogério Ceni prometeu que estará na arquibancada, “torcendo e vibrando a cada lance”. E arriscou até um resultado para a partida desta quarta-feira (06), agendada para as 21h45, no Morumbi: “1 a 0 para o São Paulo”.

Lugano: “Atlético Nacional é o melhor time”

Outro ídolo do São Paulo e que ainda faz parte do elenco do clube, o zagueiro uruguaio Diego Lugano, também presente no evento, afirmou que o melhor time da Libertadores é justamente o Atlético Nacional-COL, rival do São Paulo na semi.

“Enfrentaremos o melhor time da Libertadores, que vem jogando melhor e está mais entrosado. São os mesmos jogadores na equipe há quatro ou cinco anos, muitos deles de seleção. E, ainda, na idade de atingirem o melhor potencial”, avaliou. “É um ótimo rival para se medir”.

 

Fonte: Uol

Um comentário em “Na “arquibancada”, Ceni aposta em solidez do SP e arrisca placar para semi

  1. Boa noite senhores!
    Preocupa a ausência do Ganso , mas do Kelvin nem tanto, o Bauza certamente vai colocar o que ele tem de melhor em experiência, não podemos pensar em jogadores jovens ou o Ytalo recém chegado, quem vai jogar no lugar do Ganso e o Kelvin será com certeza o Wesley e Hudson.

    Denis
    Bruno Rodrigo Caio Maicon Mena
    Hudson Shimidt Thiago Mendes Wesley
    Michel Bastos e Calleri

    O Carlinhos vai ficar de sobreaviso no caso do Mena não suportar os 90 minutos, o Kardec no lugar do Calleri ou alguém do meio se necessário for e o Lugano se precisar de substituir alguém na defesa.
    Esses são os jogadores que serão utilizados nesse jogo, portanto os demais só para completar o banco de reserva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.