Muricy vê time ainda abaixo, mas se anima: ‘Vitória pode mudar tudo’

O técnico Muricy Ramalho acredita que a vitória do São Paulo sobre o San Lorenzo, na noite desta quarta-feira, no Morumbi, pode mudar o rumo da equipe na Copa Libertadores. Foi isso o que disse o comandante após o duelo, em entrevista coletiva. Muricy destacou as circunstâncias, com um gol aos 44 minutos do segundo tempo, marcado por Michel Bastos.

– Claro que é importante uma vitória dessa. A gente veio com uma situação ruim. Não é fácil, os jogadores lutaram muito, porque o time deles é experiente, não se epxpõe muito. Eles iriam jogar no nosso erro. É uma vitória importante que pode mudar tudo, uma vitória dessas. Eles (jogadores) buscaram isso e foram felizes – declarou o comandante.

O comandante, no entanto, admitiu que o São Paulo ainda não apresentou um bom futebol nesta Libertadores. Com a vitória, o Tricolor chegou a seis pontos e é vice-líder do Grupo 2, três à frente do San Lorenzo, o terceiro colocado, e três atrás do Corinthians, líder. Muricy também elogiou o zagueiro Lucão, de 18 anos.

– Mas é claro que a gente tem consciência de que ainda não estamos bem. Hoje fomos muito competitivos, mas temos de melhorar muito, do que jogamos ano passado. E nossos jogadores são quase os mesmos. Teve o Lucão que ganhou oportunidade, porque foi muito bem outro dia, e a gente acha que vai ser nosso zagueiro no futuro. tem personalidade incrivel, mostrou hoje, mas claro que para ganhar a Libertadores tem que mostrar muito mais – afirmou o comandante.

O São Paulo volta a jogar pela Libertadores no dia primeiro de abril, em Buenos Aires, contra o mesmo San Lorenzo.

Fonte: Lance

2 comentários em “Muricy vê time ainda abaixo, mas se anima: ‘Vitória pode mudar tudo’

  1. Quem ganhou o jogo foi o Boschilla, que entrou aos 42.30 minutos. Incendiou o jogo e depois do gol amarrou a bola nos pés. Mas o Sr. Muricy não gosta de jogadores bons, só gosta de sua panela.

  2. E de quem eh a culpa por não estar bem? Será que eh da falta de.competência em treinar o time, de dar somente rachōes?
    Boleiro da década de 80, entregador de coletes e ainda entrega errado, o que esse jumento queria trocando o Ganso aos 42 do segundo tempo, queimar o cara ou o Boschilia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*