Muricy Ramalho testa time sem Ganso e com Pabon e Osvaldo

O técnico Muricy Ramalho surpreendeu na escalação do São Paulo durante o treino da manhã desta quinta-feira, no CT da Barra Funda. O treinador, que fez mistério na quarta escalando um time com 11 titulares de linha, armou a equipe com o número correto neste feriado, sem a presença de Paulo Henrique Ganso, que só entrou no decorrer.

Enquanto o time principal disputou um coletivo contra a equipe das categorias de base, Ganso ficou no campo ao lado, participando de uma atividade técnica com jogadores reservas. Assim, Muricy deixa de escalar o time com dois meias, apesar de o técnico ter declarado recentemente que gostaria de dar confiança à equipe com uma dupla de armadores.

Com a saída de Ganso, Alexandre Pato ficou com mais responsabilidade de criar as jogadas, revezando-se com Pabon, que ajudava também Osvaldo e Luis Fabiano na linha ofensiva. No decorrer da movimentação, Ganso foi chamado para entrar no lugar de Pabon.

Já o meia Boschilia, que foi titular nos dois primeiros jogos, não voltou a ter uma chance na equipe neste coletivo e deve mesmo ficar no banco. Assim, o São Paulo treinou com a seguinte formação: Rogério Ceni; Luis Ricardo, Rodrigo Caio, Antônio Carlos e Álvaro Pereira; Souza, Maicon e Alexandre Pato; Pabon (Ganso), Luis Fabiano e Osvaldo.

O São Paulo tem compromisso pelo Campeonato Brasileiro no sábado, às 18h30 (de Brasília), diante do Coritiba. O jogo será realizado no estádio do Pacaembu, porque o Morumbi está alugado para uma apresentação musical.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

7 comentários em “Muricy Ramalho testa time sem Ganso e com Pabon e Osvaldo

  1. O Ganso não está jogando nada mesmo e deveria ficar no banco pra ver se tem alguma reação positiva – vontade de ser útil, ao menos. Agora, continuar a ladainha do Maicon entre os titulares, só pode ser birra do trenero! O Murici, contra todas as evidências, acha que ele é “diferenciado”. Só se for para pior! E tem mais: essa falta de visão do treinador leva a que os famosos “comentaristas esportivos”, a maioria, por ter sido jogadores da ares de que entender da coisa, vivam elogiando-o como jogador de excelente passe e que pode decidir jogos numa “enfiada” de bola. Ah, vá se tratar! No mínimo 70% de seus passes são para o lado ou para trás! O SP contratou o melhor volante do campeonato paulista e o Murici nem ao menos o testa? O SP tem um meio campo bom?
    Mas a birra continua e o Karanguejão também. . . .

    • Teve uma semana para treinar o que falta nesse time,
      saídas de bola da defesa pro meio e ataque,
      pelo visto foi perdida.
      Não temos mesmo nada, nem saidas rapidas pelo meio,
      nem pelos lados, muito menos contra ataques,
      e ainda vai mecher no meio de forma radical,
      e o karanguejão continua.
      Por isso, temos treneros made in brazil, que não são
      sondados para lado nenhum,
      ?????fessor, do que será??????
      de incompetencia com certeza.

  2. Perdido, resume a situação do técnico.
    Que o Ganso não vem correspondendo está claro, mas, substituí-lo pelo colombiano, pelo que vem fazendo é absurdo.
    No entanto o que mais me preocupa é a falta de definição quanto a forma de jogar e a presença constante do tal do Maicon, se for ele a referência, estamos perdidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*