Milton já bateu Cruzeiro em SP e BH e pode ter primeiro mês cheio

A falta de um nome disponível no mercado e que agrade à diretoria do São Paulo aproxima Milton Cruz da responsabilidade de ser o treinador da equipe também nas oitavas de final da Copa Libertadores, contra o Cruzeiro – a primeira partida será em 6 de maio, no Morumbi. Seu retrospecto contra o time mineiro é favorável: nas duas vezes em que o enfrentou como interino, uma na capital paulista e outra em Belo Horizonte, saiu vitorioso.

A primeira foi em 9 de julho de 2011. Chamado para assumir após a demissão de Paulo César Carpegiani, o membro fixo da comissão técnica comandou o time no triunfo por 2 a 1, em jogo como mandante, no Campeonato Brasileiro. Daquela escalação que foi a campo, apenas o goleiro Rogério Ceni ainda permanece no elenco.

Pouco menos de um ano depois, em 30 de junho de 2012, ele estava à frente da equipe novamente (no lugar de Emerson Leão), no Estádio Independência, também pelo Brasileiro. Luis Fabiano desperdiçou uma cobrança de pênalti na ocasião, mas fez o primeiro gol do triunfo por 3 a 2. Ainda integrante do grupo são-paulino, o atacante não atuará no jogo de ida das oitavas da Libertadores deste ano por ter sido expulso diante do Corinthians, na quarta-feira.

Fernando Dantas/Gazeta Press

Coordenador técnico, que assumiu o time em 8 de abril, se aproxima de completar um mês como interino

Se for mantido no cargo até o jogo de volta, em 13 de maio, Milton pela primeira vez completará um mês como treinador. Ele não tem interesse em ser efetivado, mas vem sendo elogiado por jogadores e dirigentes e já superou seu recorde de partidas em sequência. Antes de se tornar tampão de Muricy Ramalho, ele tinha feito, no máximo, três jogos consecutivos. Agora, já são cinco.

O único revés foi para o Santos, na semifinal do Campeonato Paulista, na Vila Belmiro. Apesar da queda precoce antes da decisão, somou quatro vitórias, duas delas na Libertadores, sendo a última sobre o Corinthians. Foi o primeiro resultado positivo em clássicos na temporada, fato que deu de novo à diretoria tranquilidade na busca por um treinador. Caso não encontre, tentará convencer Milton a ficar no cargo para os jogos contra o campeão brasileiro do ano passado.

Até aqui, o Cruzeiro foi adversário do São Paulo em mata-mata duas vezes na Libertadores, em 2009 e 2010, ambas nas quartas de final. O time mineiro levou a melhor na primeira vez, classificando-se para a semifinal ao vencer no Mineirão (2 a 1) e no Morumbi (2 a 0). No ano seguinte, a equipe paulista deu o troco com duas vitórias por 2 a 0, a primeira delas em Belo Horizonte. Nas duas ocasiões, Milton estava presente como auxiliar.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Milton já bateu Cruzeiro em SP e BH e pode ter primeiro mês cheio

  1. So’ quero saber de quanto vai ser o dim dim
    pra esses mercenarios no jogo contra os cruzeirenses.
    O tar de + ja sei de sua capacidade gigantes ….KKKKK …. a.
    E, muito mais dessa KKK …..artolagem incom….. P …e …T..ente.
    Apenas isso.
    O trenero ta contratado $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$
    Esse e’ muy bueno, mejor que sabella y sampaoli juntos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*