Milton Cruz enterra crise pós saída de Leão e finda interinidade no São Paulo outra vez invicto

Com fama de “bombeiro” no São Paulo, o coordenador técnico Milton Cruz encerrou neste domingo mais um período como treinador interino no clube. E ele teve a proeza de enterrar a crise iniciada com a demissão de Emerson Leão e findou a 15ª interinidade outra vez de forma invicta.

Milton Cruz conquistou duas vitórias em duas partidas no período em que esteve à frente do São Paulo: 3 a 2 contra o então líder Cruzeiro fora de casa, e 3 a 1 contra o Coritiba no Morumbi. Na sequência anterior como interino, ele havia vencido três jogos e empatado um.

O êxito de Milton Cruz fez o São Paulo subir na tabela do Brasileirão. Com 15 pontos, o Tricolor pulou para o G-4 e ocupa o quarto lugar. Por isso, o coordenador técnico disse que deixa o comando para Ney Franco com a sensação de dever cumprido.

“É sempre bom quando você é chamado e o trabalho é elogiado, mostra que você sempre busca o melhor. É claro que eu saio com aquele gostinho de quero mais, mas a diretoria achou melhor trazer um técnico. Eles sabem que estou sempre à disposição”.

Quando assumiu o São Paulo após a derrota para a Portuguesa, Milton Cruz pegou um elenco destroçado pela eliminação na semifinal da Copa do Brasil contra o Coritiba. Ele avaliou que o time estava muito exposto e por isso mudou o esquema tático para o 3-5-2. Em má fase, Casemiro, Paulo Miranda e Cícero foram para a reserva. As mudanças surtiram o efeito desejado e as vitórias vieram.

Milton Cruz argumentou que entrega para Ney Franco um time em condições de brigar de igual para igual com os rivais neste Brasileirão. “O Ney vai herdar um time em condições de ser campeão. Já está entre os primeiros e tem tudo para ser vencedor”.

Ney Franco falará com a imprensa nesta segunda-feira no CT da Barra Funda pela primeira vez como técnico do São Paulo. Ele assinou com o Tricolor até o fim de 2013 e iniciará nesta terça-feira os trabalhos já visando o clássico de domingo contra o Palmeiras.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*