M1TO revê adversário memorável

“Muita coisa tem que dar certo para você entrar 1.117 vezes em um campo de futebol. E fico feliz, porque é um número significativo na carreira de qualquer atleta profissional”. Esta foi a frase proferida pelo goleiro Rogério Ceni após o empate contra o Botafogo (1 x 1), durante o Campeonato Brasileiro de 2013, ao superar Pelé e se tornar o recordista em número de jogos pelo mesmo time, com 1117 partidas.

E neste final de semana, na rodada de abertura da competição nacional deste ano, o M1TO reencontrará o rival que o fez estabelecer mais esta importante marca com a camisa do Tricolor. Contra o clube carioca, agora com 1136 jogos pelo clube, o capitão tem a missão de ajudar a equipe na busca pela primeira vitória no torneio.

Líder da equipe, Rogério nunca escondeu o seu amor pelo Tricolor. Ao longo da carreira, o goleiro balançou as redes 113 vezes, praticou inúmeras grandes defesas e foi construindo o seu nome na história do São Paulo. Assim, o arqueiro foi colecionando conquistas, que ainda incluem o Tricampeonato Brasileiro, em 2006, 2007 e 2008, e a Copa Sul-Americana de 2012.

“Se eu tivesse que ter parado há dois, três anos, seria no São Paulo. Nunca pensei em ir para outro clube durante minha carreira. E no fim do ano, eu vou parar mesmo. Não vou postergar. Este é meu último ano, e não só do São Paulo, mas como atleta profissional de futebol”, afirmou recentemente o goleiro, que foi homenageado pelo clube contra os botafoguenses em 2013.

Antes de a bola rolar, Rogério recebeu um troféu das mãos do então Presidente Juvenal. E para homenagear o Rei do Futebol, que detinha o recorde, o M1TO atuou com a camisa número 10 em alusão ao eterno craque da Seleção Brasileira. Na entrada das equipes em campo, os jogadores do Tricolor usaram a camisa 01 do capitão, que foi aplaudido de pé pela torcida são-paulina. M1TO!

 

Fonte: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*