M1TO já foi artilheiro do Tricolor em duas temporadas consecutivas

A idolatria do goleiro Rogério Ceni, além da postura de líder dentro e fora de campo, não foi apenas construída com inúmeras defesas. A marca registrada do camisa 01, reconhecida até pelo Guinness World Records – Officially Amazing, foi a de marcar gols e se destacar como goleiro artilheiro do futebol mundial.

Atleta da posição que mais balançou as redes no mundo, Rogério já foi o maior goleador da equipe são-paulina em duas temporadas consecutivas. Dos 123 gols anotados pelo M1TO até aqui, a maioria foi entre 2005 – este talvez o melhor ano do arqueiro – e 2006. Na memorável temporada de 2005, quando o clube conquistou o Campeonato Paulista, Libertadores da América e o Mundial, o goleiro balançou as redes 18 vezes.

No ano seguinte, novamente com a pontaria afiada, Rogério marcou 16 gols e mais uma vez foi o artilheiro do Tricolor na temporada. Já em 2007, também com o pé calibrado, o capitão ficou a apenas três gols do goleador daquele ano: Borges, com 13, seguido por Aloísio e Hugo, ambos com 11, e o M1TO com dez.

O goleiro também mostraria o seu faro de gol em 2011 e 2013, quando marcou oito e seis gols, respectivamente, e ficou entre os artilheiros são-paulinos daqueles anos. Com o DNA goleador, Rogério se credenciou para buscar um lugar entre os dez maiores artilheiros na história do São Paulo. Com 123 gols, sendo 59 em cobranças de faltas, 63 de pênalti e um com bola rolando, o arqueiro ocupa a 11ª colocação.

Entre os memoráveis, está certamente o seu centésimo. Foi contra o Corinthians, na Arena Barueri, que o capitão são-paulino marcou o gol de número 100 na carreira. Aos oito minutos do segundo tempo, quando o São Paulo já vencia o Majestoso por 1 a 0, com gol de Dagoberto, o atacante Fernandinho sofreu falta pela esquerda. Na cobrança, Rogério colocou no ângulo de Júlio César, que nada pôde fazer.

Quem estava no estádio naquela tarde assistindo ao duelo válido pelo Campeonato Paulista, que terminou com vitória são-paulina por 2 a 1, com certeza não esquece o que viu, sentiu e dividiu com Rogério. A vibração da torcida nas arquibancadas, a empolgação dos jogadores na comemoração do gol e a euforia do goleiro após a cobrança da falta ficarão para sempre guardadas na memória de quem estava presente.

Alegrias e emoções assim, de balançar as redes como poucos, só mesmo o M1TO pôde proporcionar!

Confira o ranking com os artilheiros históricos do São Paulo:

  • 1-Serginho Chulapa: 242 gols
  • 2-Gino Orlando: 233 gols
  • 3-Luis Fabiano: 193 gols
  • 4-Teixeirinha: 189 gols
  • 5-França: 182 gols
  • 6-Luizinho: 173 gols
  • 7-Müller: 160 gols
  • 8-Leônidas: 144 gols
  • 9-Maurinho: 136 gols
  • 10-Raí: 128 gols
  • 11-Rogério Ceni: 123 gols

Fonte: Site Oficial

4 comentários em “M1TO já foi artilheiro do Tricolor em duas temporadas consecutivas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*