Luis Fabiano avisa à torcida: ‘Querem me xingar, me xinguem’

Luis Fabiano deu uma longa entrevista na manhã desta quinta-feira e não fugiu das perguntas, em meio à crise do São Paulo. Capitão do time na ausência de Rogério Ceni, o atacante pensou em conversar com a diretoria devido aos protestos contra ele e o time, mas se consultou com pessoas de confiança e decidiu não falar com os dirigentes:

– Não é bem picar a mula e sair. Era conversar com a diretoria e ver o que pensam sobre o caso. No primeiro momento, pensei se era justo eu passar por isso por todo esforço que fiz, por tudo que deixei de ganhar para estar aqui e pela minha lesão.

– Quando voltei, eu já sabia disso, de um jogo para o outro muda tudo. A gente entende (as críticas do treinador), não gosta de ser escrachado, mas entende porque a torcida é apaixonada. Eu tenho um objetivo e vou cumprir meu contrato até o final, tenho mais três anos pela frente. Vou tentar conquistar títulos e paciência. Querem me xingar, me xinguem. Vão ter muito tempo ainda para me xingar – completou Fabuloso.

O atacante não esteve em campo diante da Portuguesa porque estava suspenso. No entanto, ele foi um dos alvos da torcida, que o chamou de “pipoqueiro”. Luis Fabiano passou por situação semelhante em 2004.

Após ser eliminado pelo Once Caldas (COL) na Libertadores daquele ano, o camisa 9 foi muito criticado pelos torcedores. A pressão foi forte e fez Fabuloso deixar o clube rumo ao Porto (POR). Agora, ele vê a situação de forma diferente:

– Eu não vi os protestos porque não joguei. Fiquei sabendo porque houve várias músicas criativas. Até reservas foram criticados. Mesmo se eu estivesse no campo, já sabia que isso aconteceria. Eu já iria preparado, já sabia que aconteceria. Tenho três anos de contrato aqui e vou cumprir até o fim. Não tenho porque pedir para sair. Tenho propostas para sair, se eu quiser. Mas não quero. Terão de me aturar por muito tempo. Ganhei títulos no Sevilla, no Porto, e não é possível que eu não seja campeão aqui.

5 comentários em “Luis Fabiano avisa à torcida: ‘Querem me xingar, me xinguem’

  1. ESSE NEGÓCIO DE CULPAR O JUVENAL JUVENCIO DE TUDO QUE ACONTECE É COISA DE QUEM NÃO ENTENDE DE FUTEBOL. VOCES ACHAM QUE O TIME ESTAVA BEM MONTADO PELO LEÃO? NÃO O TIME PARECIA DENTRO DE CAMPO UM BANDO, SEM MARCAÇÃO, NÃO CONSEGUEM TROCAR PASSES, ALIÁS A DIRETORIA NÃO ENTRA EM CAMPO, OS JOGADORES TEM QUE SER COBRADOS POIS NINGUEM VEM JOGANDO NADA. OS ZAGUEIROS FALHAM DEMAIS, TOMAM GOLS DE CABEÇA E DE ESCANTEIO QUE NEM TIME DE VÁRZEA TOMA. PRECISAMOS COBRAR MAIS DOS JOGADORES, ESSES SIM SÃO OS CULPADOS E TAMBÉM QUEM OS ESCALA

    • Desculpe, Ludovico, temos que cobrar dos jogadores e comissão técnica, sim, mas também, e principalmente, de quem os contrata. Não fui eu quem contratou o Leão, muito menos o Paulo Miranda, o Edson Silva, o Maicon, o Fernandinho e assim sucessivamente. Esperar alguma coisa destes jogadores é ser otimista demais ou não querer olha para dentro do próprio umbigo.

  2. ACHO QUE O LUIS FABIANO DEVERIA FALAR MENOS E COMEÇAR A JOGAR FUTEBOL, COISA QUE AINDA NÃO FEZ DESDE QUE VOLTOU AO SÃO PAULO, ELE SÓ RECLAMA, NÃO FAZ NENHUMA JOGADA DURANTE O JOGO INTEIRO E TOMA CARTÕES, PELO QUE GANHA E PELO QUE EPERÁVAMOS DELE É MUITO POUCO, PRECISA MELHORAR JUNTO COM TODO O TIME

  3. Torcida Independente de Merda, xingam a pessoa errada, o maior culpado chama-se JUVENAL JUVENCIO, este é o cara a ser xingado cambada de otário. Essa meia duzia de torcida não fala pela nação de mais de 20Milhões….

    • Aproveitando o número “20” citado, foi a quantia que a Independente recebeu do Sr. Juvenal Jubêbado para ficarem calado, isso mesmo: R$ 20.000,00 para não protestarem contra a diretoria pós jogo da semifinal do Paulista. E viva a atual diretoria!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*