Leão lamenta novo afastamento de Fabrício

O volante Fabrício deixou o campo ainda no primeiro tempo de jogo entre São Paulo x Atlético-MG chorando deitado na maca. O departamento médico do time paulista informa que um diagnóstico preciso será feito apenas na segunda-feira. No entanto, Emerson Leão sinalizou que a lesão no joelho direito do meio-campista é grave.

Fabrício se contundiu sozinho quando tentava roubar a bola do atacante Bernard, aos 20 min da etapa inicial, quando o jogo estava empatado por 0 a 0. O São Paulo venceu o jogo por 1 a 0, neste domingo, pelo Brasileirão.

“A pior coisa que se tem para um profissional é a maca. Chega uma hora em que o atleta não aguenta mais . O Fabrício ficou 7 meses se tratando. E agora não foi a mesma coisa [lesão anterior foi na panturrilha]. Custei a acreditar, mas no esporte tem que se superar. Alguma coisa está acontecendo”, lamentou Leão.

“Preferia perder o jogo a perder um atleta”, acrescentou Leão.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*