Diretoria observa conduta errada de Luis Fabiano e promete conversa

A ordem no São Paulo foi evitar passar a mão na cabeça de Luis Fabiano em função da expulsão contra o Atlético-MG por reclamação. O próprio vice de futebol do clube do Morumbi, João Paulo de Jesus Lopes, deu razão ao árbitro Elmo Alves Resende Cunha por mostrar o cartão vermelho ao camisa 9 no jogo deste domingo no estádio do Morumbi.

Aos 39 minutos da etapa complementar, Luis Fabiano levou o cartão amarelo por uma falta violenta no campo de ataque. Na sequência da partida, o Atlético-MG partiu em busca do empate e, na paralisação seguinte, o Fabuloso reclamou de forma exagerada até ser expulso.

“É claro que essa situação nos preocupa”, confirmou João Paulo de Jesus Lopes. “Acho que houve excesso no lance, não culpo o árbitro de forma alguma pela expulsão”, emendou.

A ideia da diretoria é ter uma nova conversa com Luis Fabiano nos próximos dias. No entanto, as medidas para evitar novos problemas são tratadas de forma misteriosa. “Vamos definir internamente”, avisou João Paulo de Jesus Lopes.

A postura de Luiz Fabiano começa a trazer reações até dentro do elenco. Depois da vitória contra o Atlético-MG, o zagueiro Rhodolfo e o meia-atacante Lucas pediram publicamente maior controle ao camisa 9.

Ao técnico Emerson Leão, resta a missão de administrar os desconfortos sobre o jeito explosivo de Luis Fabiano. “Ainda não conversamos, o técnico também se preocupa com outras coisas, tudo tem o seu tempo, não é agora o momento de ser falado. Às vezes, vale mais falar na intimidade”, comentou o treinador.

Fonte; Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*