L. Fabiano é multado em 30% do salário e será acompanhado por psicóloga

O São Paulo não quis aguardar o julgamento de Luis Fabiano na Conmebol e puniu o atacante pela expulsão na partida diante do Huachipato, na noite desta terça-feira. A diretoria notificou o camisa 9 por meio de uma carta.

Segundo o presidente do clube, Carlos Miguel Aidar, o atacante foi multado em 30% dos salários. Se for calculado em cima do valor de R$ 550 mil mensais divulgado na última renovação contratual, Luís Fabiano terá que desembolsar R$ 165 mil. O jogador recebeu um comunicado explicando as razões da punição, de forma detalhada.

Além da multa, de acordo com a diretoria, Luis Fabiano também terá um acompanhamento mais personalizado por parte da psicóloga do clube, Anahy Couto. O atacante tem histórico de expulsões e indisciplinas dentro de campo.

“Temos uma psicóloga muito competente, que trabalha com todo o elenco, a Anahy. Ela vai fazer um trabalho mais direcionado com ele”, disse Aidar.

O atacante avalia que o árbitro exagerou ao mostrar o cartão vermelho, e ficou descontente com a expulsão. Pessoas ligadas a ele e ao próprio São Paulo também questionam a decisão do clube de punir um atleta antes que ele seja julgado pela Conmebol.

 

Fonte: Uol

Um comentário em “L. Fabiano é multado em 30% do salário e será acompanhado por psicóloga

  1. Parabéns diretoria!!!

    Esse vagabundo estava começando a cavar um amarelo para no segundo tempo fazer uma falta ser expulso e não ter que viajar! Ele sempre faz isso!!!

    Agora que sentiu no bolso a multa de 30% vai preferir viajar! E no fim do ano rua, não precisamos de jogador vagabundo!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*