Juventus, da Itália, observa Éder Militão, e São Paulo tenta renovação

A Juventus, da Itália, observa o futebol de Éder Militão. O lateral-direito improvisado no time de Dorival Júnior no São Paulo, inclusive, sabe do interesse do clube italiano.

Formado em Cotia, o atleta negocia desde outubro renovação de contrato com o São Paulo. O Tricolor tem interesse em prorrogar o vínculo, válido até janeiro de 2019, por mais quatro anos.

Nos bastidores, o clube vê evolução nas conversas, mas ainda encontra entraves para definir o novo contrato.

Éder Militão, do São Paulo, tem negociação para renovar contrato (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)

Éder Militão, do São Paulo, tem negociação para renovar contrato (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)

A partir da metade da temporada, Militão poderá assinar um pré-contrato com outros clubes. Daí também a preocupação do Tricolor em antecipar o quanto antes a renovação.

Nesta temporada, o atleta se firmou com Dorival Júnior e foi lançado por Rogério Ceni. Ele soma 21 jogos e dois gols no ano.

Fonte: Globo Esporte

8 comentários em “Juventus, da Itália, observa Éder Militão, e São Paulo tenta renovação

  1. Não posso criticar o fato do garoto estar jogando pesado para renovar seu contrato; afinal ele é profissional e tem que correr atrás de seus interesses. Me surpreende é que as pessoas que administram o departamento de futebol correram para renovar os contratos do Lucas Fernandes, do Shailon e não fizeram o mesmo com o Militão que é o melhor entre eles. Agora é pressionar e melhorar a oferta salarial para que o garoto renove; caso contrário, a Itália é logo alí e um ano, para um garoto de 19 anos não é nada. Dai, sem que a Juventus precise pagar ao S.Paulo, ele vai encher as “burras” de euros. Ele merece…

    • Vdd, tomara que n se repita o que aconteceu neste ano, precisamos de um bom elenco para brigar por títulos. São Paulo tá parecendo que só serve pra vender jogadores da base, n se importa mais em conquistas dentro de campo.

  2. Não sei ao certo, mas acredito que Militão está fazendo jogo duro para obter um salário melhor. No fundo ele sabe que seu futuro de jogar na Europa não tem o SPFC como empecilho.

  3. João Schmidt fazendo escola, ontem saiu uma notícia que o São Paulo tenta há 2 meses a renovação e o moleque está enrolando de olho no mercado italiano quando terminar seu contrato. Lamento pelo jogador, mas se não renovar tem que colocar na geladeira, voltar pro sub20 e esquecer lá até o término do contrato.

    • Acho que a diretoria erra toda vez que espera chegar tão perto do fim do contrato. Agora fica mais difícil, e isso é tão lógico que não da pra entender como ainda acontece.

      E discordo de encostar o jogador. Se ele não for ficar mas ainda for a melhor opção, que jogue. Chega desses pensamentos pequenos de gentinha de terceiro mundo. Profissionalismo e respeito acima de tudo.

      • Você tem todo o direito de discordar, amigo, mas de uma forma mais elegante. Me chamar de gentinha de terceiro mundo? Quem você pensa que é? Você certamente é uma gentona de primeiro mundo, estou certo?

        Quando falei em afastar o jogador, não é por vingança, é por comprometimento, um jogador que falta quase 1,5 anos para o término do contrato e não se vê mais no clube, não merece fazer parte do grupo do próximo ano.

        Por favor, discorde sem agredir ninguém, caro amigo, vulgo, Gentona de primeiro mundo, ok?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*